Segundo dia de matrícula na rede estadual de ensino é marcado por aglomerações

salvador
26.01.2022, 05:45:00
((Arisson Marinho/Correio))

Segundo dia de matrícula na rede estadual de ensino é marcado por aglomerações

Único dia em que a matrícula on-line não foi disponibilizada, escolas amanhecem com filas de pais e mães; confira cronograma

Em busca de uma vaga nas escolas da rede estadual de Salvador, pais e mães enfrentaram longas filas para matricular os estudantes, nesta terça-feira (25). Este ano a matrícula pode ser realizada através da internet, porém, para o público de hoje a modalidade online não foi disponibilizada pela Secretaria Estadual de Educação. 

O resultado disso foi o registro de aglomerações em escolas como o Colégio Estadual Governador Roberto Santos, que fica na Rua Silveira Martins, no bairro do Cabula. Segundo os pais que esperavam no local, alguns dormiram na grama e no chão, e até usaram pedaços de madeira para se acomodar.

“Cheguei às 5h com ela e já tinha muita gente na minha frente, teve um pessoal que dormiu aqui. Consegui fazer a transferência, mas demorou muito para o atendimento andar, o que não dá nem para culpar os funcionários, pelo tanto de gente que tem aqui pra ser atendido", contou João Pereira, 70, que estava acompanhando sua neta, Camile Pereira de 17 anos, estudante do Colégio Estadual Governador Roberto Santos, para realizar sua transferência para outra escola do estado. 

A rede de educação do estado estabeleceu um cronograma para indicar os dias específicos para cada público. Nesta terça (25), foi a vez daqueles que pretendessem se transferir para outra unidade escolar da rede estadual, sendo do próprio interesse do estudante ou de seu responsável ou em razão de ausência da série na unidade escolar a qual concluiu o ano letivo de 2021.

Outros colégios que registraram aglomerações foram o Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes, também no Cabula, e o Colégio Estadual Polivalente De Amaralina, no bairro do Nordeste de Amaralina. Alguns pais e mães, sem saber que a matrícula para aqueles que desejavam realizar transferências não seria virtual, tentaram fazer o processo online, entretanto, não conseguiram. Por acreditarem que o site estava passando por instabilidades, preferiram se deslocar até o colégio, como no caso da vendedora, Sueli Batista, 47.

“Eu sabia que dava pra fazer a matrícula online, então foi o que eu tentei, para evitar me expor a alguma aglomeração, mas não adiantou, porque o site não funcionava. Resolvi vir para o colégio mesmo e garantir a vaga, só estou sabendo agora que hoje o online não funcionária”, explicou Sueli.

Em nota, a Secretaria Estadual de Educação informou que o problema não se tratou de uma instabilidade no sistema, mas que, na verdade, a matrícula on-line ainda não foi aberta para o público desta terça (25). Ainda de acordo com o órgão, os pais que foram em busca de vagas no dia, obrigatoriamente deveriam comparecer à escola em que os filhos estavam matriculados em 2021.

À tarde, o movimento diminuiu nas escolas e quem chegava às unidades de educação conseguia realizar a matrícula com mais celeridade, Sara Santos Novais, 45, preferiu não arriscar a matrícula pelo site e foi presencialmente até o Colégio Estadual Polivalente. “Deixei para vir de tarde, porque de manhã estava tudo lotado. Fiquei sabendo da matrícula online, mas nem tentei. Esse negócio de internet para e não dá para confiar. Cheguei aqui e não levou nem trinta minutos para eu conseguir solicitar a transferência da minha filha. E ainda, depois de descobrir que hoje a matrícula não foi online, fiquei mais tranquila de ter vindo mais tarde e ter conseguido evitar a multidão da manhã”, diz Sara. 

Próximos dias de matrícula

A matrícula na rede de ensino estadual vai até o dia 1° de fevereiro. É possível realizar o procedimento online com acesso pelo Portal da Educação através do endereço eletronico: http://www.educacao.ba.gov.br, diretamente pelo site: http://matricula.sigeduc.educacao.ba.gov.br, ou presencialmente em qualquer unidade escolar da rede estadual.

Cronograma de matrícula

De 26 a 27 de janeiro: podem se matricular os estudantes concluintes do 5º ano ou 9º ano do Ensino Fundamental oriundos apenas da rede municipal de ensino. A matrícula poderá ser realizada pelo próprio estudante, caso seja maior de 16 anos de idade, ou pelo responsável legal, preferencialmente via internet ou em uma das unidades escolares da rede estadual.

28 de janeiro: a matrícula será destinada para os candidatos em unidades escolares da rede estadual em qualquer ano ou série do Ensino Fundamental, sem distinção da rede de ensino de origem. 

31 de janeiro e 1º de fevereiro: poderá ser efetuada a matrícula do estudante que deseja ingressar em uma unidade escolar da rede estadual em qualquer ano ou série do Ensino Médio. 

Documentos necessários

- Via original e cópia legível do Cadastro de Pessoal Física (CPF);
- Via original e cópia da carteira de vacinação devidamente atualizada;
- Via original do histórico escolar;
- Via original e cópia legível da carteira de identidade (RG) ou Certidão de Registro Civil;
- Via original e cópia legível do comprovante de residência; 
- Cópia legível do RG da própria mãe do estudante e ou do responsável legal; 
- Cópia legível do CPF da própria mãe do estudante e ou do responsável legal.
 

Com supervisão da subchefe de reportagem Monique Lôbo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas