Segundo sol para o turismo: novela ambientada em Salvador eleva interesse pela cidade

salvador
12.07.2018, 03:00:00

Segundo sol para o turismo: novela ambientada em Salvador eleva interesse pela cidade

Procura por Salvador como destino turístico cresceu 112% após início de novela da Globo
Os personagens Karola e Beto Falcão aparecem em cena em frente ao Farol da Barra, um dos pontos mais vistados da cidade
(Foto: Divulgação)

Há dois meses, o folhetim das 21h da Rede Globo vem dando o que falar entre os baianos, mas o ‘jeito massa’ de Luzia e Beto Falcão e a ‘lebara’ da Karola podem simbolizar mais que boas risadas e se traduzir em dinheiro para Salvador. Segundo levantamento do Kayak, um dos maiores buscadores de viagem do mundo, a procura pela cidade como destino turístico cresceu 112% nos 50 dias após a estreia de Segundo Sol - em relação aos 50 dias anteriores, como antecipou a coluna Negócios, do CORREIO.

Enquanto admirava o mar da Barra, nesta quarta-feira (11), o administrador aposentado Robson Gonçalves, 59 anos, contou que decidiu viajar com a esposa para Salvador antes de assistir a novela, mas que ficou ainda mais interessado depois de ver algumas imagens da cidade no folhetim, dias antes do embarque.

“Gosto de assistir o Globo Repórter, então, quando não estou em casa, eu programo a TV para gravar o programa. Em um desses dias, a gravação pegou parte da novela. Quando eu sentei para assistir, a primeira imagem que apareceu foi de um barco deslizando no mar em frente ao Elevador Lacerda. Uma imagem linda demais”, conta o administrador.

Motivação
Morador de Brasília (DF), Robson chegou em Salvador na segunda-feira (9) e vai permanecer na capital até amanhã. A esposa dele, a assistente administrativa Izabel Piasseta, 52, acredita que pessoas que pensam em viajar para a cidade podem se sentir ainda mais motivadas vendo a telenovela.

“Eu queria conhecer Salvador antes mesmo de ver a novela, mas é claro que as imagens ajudam a ratificar ainda mais esse desejo. É uma forma de promover o destino”.

Robson e Izabel já viriam a Salvador, mas novela ajudou ratificar o desejo de conhecer a cidade
(Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

O pensamento de Izabel é semelhante ao de outros turistas e alguns especialistas em teledramaturgia e televisão. Além de reforçar o imaginário sobre a cidade, Segundo Sol mostra um baiano mais urbano, diferente do interiorano ou praieiro, que normalmente são representados nas tramas da teledramaturgia (leia mais abaixo).

A pesquisa da Kayak foi realizada entre 24 de março e 13 maio, 50 dias antes do início da novela, e entre 14 de maio e 4 de julho, 50 dias depois do início. Todas as buscas foram feitas por usuários brasileiros por passagens de ida e volta na classe econômica com destino a Salvador. O período das viagens considerado foi 1º de junho a 1º de novembro.

Investimento
O secretário municipal de Cultura e Turismo (Secult), Cláudio Tinoco, avalia como positiva a forma como a cidade está sendo retratada na trama. Ele comemora o aumento da procura por Salvador como destino turístico e acredita que os frutos serão colhidos a longo prazo.

“A gente já esperava esse resultado, porque o aumento de fluxo de visitantes está relacionado à promoção do destino. Ter Salvador sendo divulgada em uma novela com a audiência do horário nobre e na principal emissora de TV do país vai gerar frutos por muito tempo. A novela acaba, mas ainda fica no imaginário das pessoas”, diz.

Ele conta que a prefeitura está apostando nas redes sociais e em conteúdo para internet para atrair novos visitantes e cita a criação da Casa Salvador e a contratação de uma agência de marketing, ambas ações em 2018, como exemplos dos investimentos na divulgação da cidade.

Entre 2016 e 2017, Salvador registrou aumento de 10% no fluxo de turistas, segundo a prefeitura. A expectativa da gestão municipal é de que este ano se mantenha o mesmo percentual de crescimento, o que equivale a 9 milhões de visitantes na cidade.

Procurada, a Secretaria de Turismo da Bahia (Setur) informou que está fazendo o levantamento dos impactos da novela no turismo do estado e que os resultados serão divulgados nas próximas semanas. A ideia é, primeiro, trabalhar o mercado interno brasileiro e só depois o externo para atrair também visitantes estrangeiros.

A Cruz do Pascoal aparece em muitas das cenas da novela: boa parte dos personagens vive no Santo Antônio Além do Carmo
(Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Impacto
O setor hoteleiro também está esperançoso com os resultados da novela. A expectativa do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-BA), Glicério Lemos, é de que a alta estação registre crescimento no número de hospedagens de 20% em relação ao ano passado.

“O impacto da novela está sendo muito positivo. Salvador está sendo promovida e divulgada todos os dias. A Bahia tem história, cultura, gastronomia e música próprias e que agradam aos turistas. As pessoas são tentadas a conhecer e quem vive essa experiência sempre volta”, diz Lemos.

Na tarde desta quarta-feira (11), o supervisor de operações Hudson Braga, 31, se esforçava para enquadrar a Baía de Todos os Santos numa selfie com esposa e com filha na Praça Castro Alves. Ele mora em Recife (PE), mas já esteve em Salvador há alguns meses. “Foi uma viagem a trabalho, gostei de Salvador e trouxe a família para conhecer a cidade também”, conta Hudson.

A esposa dele, Juliete Lopes, está empolgada com a viagem. “Chegamos na terça-feira (10). Fomos no Pelourinho, no Farol da Barra e no Rio Vermelho. Ainda vamos na Igreja do Bonfim, no Mercado Modelo, praias e em outros pontos da cidade”, lista.

O pernambucano Hudson trouxe a esposa, Juliete, e a filha para conhecer a capital baiana
(Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Marketing gratuito
O presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHA-BA), Sílvio Pessoa, contou que o setor registrou crescimento superior a 4% em junho, na comparação com o mesmo período do ano passado. Ele acredita que a novela tem impacto nesse resultado.

“Ela está todos os dias na casa das pessoas, mostrando os pontos turísticos e o que a cidade tem de mais bonito. É claro que isso desperta o interesse em conhecer a cidade. É um marketing gratuito”, explica.

Os pontos mais divulgados na novela, como Santo Antônio Além do Carmo, Cruz do Pascoal, Praça Castro Alves e Barra, se tornaram pontos de selfies obrigatórios para muitos turistas. “O pessoal que levei para o Campo Grande na semana passada queria saber onde ficavam os locais que aparecem na novela”, conta um motorista.

O bairro do Comércio também está em Segundo Sol: foi uma cena lá que chamou a atenção de Robson, turista de Brasília
(Foto: Divulgação)

Novela apresenta ambiente mais urbano
O aumento do interesse por Salvador pode não ter surgido apenas por conta da telenovela, mas ela reforça esse desejo. É o que defende a doutora e mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) Juliana Gutmann.

“São pessoas que já têm interesse em conhecer a cidade por conta de outros elementos, como cultura e música, e a novela reforça esse imaginário. O que chama a atenção é que, historicamente, as novelas retratam o gênero interiorano e praieiro dos baianos. Essa novela trabalha o ambiente urbano. Isso é novidade”, afirma.

Ela destaca o trabalho de pesquisa que construiu um sotaque mais próximo da realidade soteropolitana, além dos investimentos técnicos que provocaram uma identificação dos baianos com o folhetim maior que em obras anteriores.

Doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP e professora da Ufba, Maria Carmem Jacob aponta que a tendência de deixar o eixo Rio-São Paulo e narrar histórias em outros estados começou por volta da década de 1990.

“A novela anterior se passava em Tocantins. Existe uma representatividade que, historicamente, aproxima os brasileiros da teledramaturgia, mas não podemos esquecer que as novelas são produtos comerciais e que também têm interesse nas cidades porque elas são anunciantes em potencial”, diz.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/webserie-inspira-empreendedores-assista/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-ultimo-a-sair-apaga-a-luz-do-othon-hotel-ja-esta-sem-nenhum-hospede/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/piloto-alema-de-17-anos-sofre-acidente-grave-e-sera-operada/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/temer-ressalta-forca-e-estabilidade-das-instituicoes-em-pronunciamento/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sessao-do-tj-ba-e-suspensa-apos-confusao-e-retirada-de-advogado/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confira-o-clipe-da-cantora-argentina-lali-em-parceria-com-pabllo-vittar/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/voce-sabia-que-o-ford-mais-vendido-na-america-do-sul-e-feito-na-bahia/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mostra-multimidia-homenageia-os-40-anos-do-correio/