'Serial killer do DF': após denúncia, polícia concentra buscas por Lázaro

brasil
17.06.2021, 13:34:36
Atualizado: 17.06.2021, 13:36:46
(Foto: Reprodução)

'Serial killer do DF': após denúncia, polícia concentra buscas por Lázaro

Maníaco foi avistado na região do vale do Girassol

A busca pelo paradeiro de Lázaro Barbosa, baiano conhecido como o 'serial killer de Brasília' se concentrou no vale do Girassol, na região de Cocalzinho, em Goiás. Ele é suspeito de ter assassinado quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, no último dia 9.

As buscas pelo maníaco já duram nove dias e envolvem mais de 300 homens auxiliados por helicópteros e drones com sensor infravermelho para tentar captar imagens do foragido. Além de todo o aparato militar, a polícia também conta com a ajuda de cães farejadores para procurar pelo homem na mata. 

Outro crime: 'Serial killer' Lázaro é suspeito de ter matado caseiro 4 dias antes de chacina

De acordo com o jornal Correio Braziliense, as forças de segurança receberam relatos de moradores garantindo que Lázaro foi visto na região. Por conta disso, um cerco foi montado na área.

O local de mata é de difícil acesso e fica em frente à base montada pelas equipes de segurança. A força-tarefa reúne militares, policiais federais, bombeiros e agentes da Polícia Rodoviária Federal.

Apelo: 'Espero que ele se entregue', diz esposa de Lázaro, o 'serial killer do DF'

Medo instalado
Os moradores da região continuam assustados com Lázaro. Nesta quinta-feira (17), os policiais suspeitam que o fugitivo tenha passado a noite em uma área urbana, perto do residencial Itamar Nóbrega I, e depois, teria descido para o vale.

O pedreiro Fraklin Serafim, 55 anos, mora no condomínio. "É Complicado porque a gente tem filhos, netos. Já vai para nove dias e não consegue pegar. A gente fica com medo", disse ele ao Correio Braziliense.

Imagens: Resgate de reféns de 'Serial killer do DF' teve disparos e tensão na mata; Veja vídeo

Do outro lado do vale, fica o residencial Itamar Nóbrega 3, onde vive o pai de Lázaro. Nessa quarta-feira (16), o homem deixou a casa onde vivia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas