Sesab promove Semana Estadual de Imunização nas escolas a partir de segunda (18)

bahia
16.02.2019, 08:00:00

Sesab promove Semana Estadual de Imunização nas escolas a partir de segunda (18)

Entre as vacinas disponibilizadas está a da febre amarela

A partir dessa segunda-feira (18), a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) realizará a Semana Estadual de Imunização nas escolas, até o dia 22 deste mês.

A intenção é atualizar as cadernetas dos alunos - item obrigatório para matricular estudantes de até 18 anos - e chegar a 95% de cobertura das vacinas contempladas no calendário nacional de vacinação.

Serão disponibilizadas as vacinas pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hemophilus influenzae e hepatite B), poliomielite, tríplice viral (sarampo, caxumba, rubéola) e febre amarela. A ação será feita em escolas e nos postos de vacinação dos municípios baianos.

De acordo com a Sesab, o Brasil apresenta hoje risco potencial de reintrodução de doenças imunopreveníveis já eliminadas das Américas, a exemplo da poliomielite, bem como a necessidade de conter a circulação do vírus do sarampo, reintroduzido recentemente no território nacional.

Esta semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um comunicado para recomendar que turistas estrangeiros se vacinem contra a febre amarela antes de visitar a Bahia. A recomendação também é válida para vinte estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Os postos de Salvador também vão intensificar a vacinação contra a doença até o período do Carnaval. A ação visa ampliar a cobertura vacinal na cidade, além de reduzir a população suscetível à patologia num curto espaço de tempo. 

Estima-se que 1,1 milhão de soteropolitanos ainda precisam se proteger contra a doença. Na Bahia, são cerca de seis milhões.

De acordo com o mais recente Boletim Epidemiológico da Febre Amarela, foram notificados, no último ano, 70 casos de suspeita da doença no estado. Destes, 58 foram descartados, 11 estão em investigação e um foi confirmado, com local provável de infecção em Minas Gerais. Os dados são do dia 11 de janeiro de 2019.

Ainda segundo a Sesab, nenhum caso suspeito de febre amarela foi registrado em 2019.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas