Site para recadastramento no SUS está sendo reforçado, diz Neto

salvador
28.08.2020, 11:01:00
Atualizado: 28.08.2020, 19:32:39
(Divulgação/Arquivo)

Site para recadastramento no SUS está sendo reforçado, diz Neto

Citando grande demanda, prefeito pediu paciência e ressaltou importância do procedimento

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prefeito ACM Neto reforçou nesta sexta-feira (28) o pedido para que a população faça o recadastramento obrigatório do SUS e disse que equipes da prefeitura já estão trabalhando para melhorar o site do serviço (clique aqui), que por conta da grande quantidade de acessos apresentou muita instabilidade no primeiro dia. O prazo para o recadastramento foi prorrogado para o dia 30 de setembro. "Continuem tentando que vocês vão conseguir", afirmou ele.

Leia mais: Filas e instabilidade: baianos sofrem para fazer recadastramento no SUS

Neto afirmou que a prefeitura vem realizando esse recadastramento desde janeiro, nas unidades de saúde, e que até agosto 700 mil pessoas já fizeram o procedimento. Ele afirmou que houve trabalho de comunicação em redes sociais e com carros de som convocando as pessoas. Por conta da pandemia e da orientação para que as pessoas fiquem em casa, a prefeitura disponibilizou ontem o site, dando possibilidade de fazer o recadastramento on-line. Mas a imensa procura fez o sistema penar.

"Como há uma meta que tem ser cumprida, resolvemos fazer um sistema que permitisse fazer esse cadastramento à distância, on-line. Abrimos isso no dia de ontem.Em apenas um dia, foram cadastradas 200 mil pessoas. Então vejam, em oito meses se cadastraram 700 mil pessoas. Em um dia, 200 mil pessoas. Então é óbvio que houve uma grande demanda de uma vez só no sistema, 200 mil pessoas conseguiram se cadastrar mas outros não conseguiram", disse, durante evento no Lobato.

"Detectamos o problema, pedi ao secretário Leo Prates que adotasse as providências para reforçar o sistema. Agora, óbvio que pode ter problema", afirmou. "De fato algumas pessoas tiveram dificuldade de conseguir se cadastrar, mas o que é a gente pede é um pouquinho de paciência, porque o sistema está funcionando", disse.

Neto afirmou que não há sistema infalível e pode haver instabilidade ainda por conta da procura, mas reforçou o pedido para que todos continuem tentando. "A gente está fazendo de tudo para dar o suporte". Ele lembrou que o recadastramento não deve ser feito só por quem usa diretamente o SUS. "Todos nós precisamos nos cadastrar. Direta ou indiretamente todo mundo usa. Quando vai tomar uma vacina, mesmo se tiver plano de saúde ou for cliente do sistema privado de saúde, vai precisar tomar uma vacina em algum momento", citou como exemplo.

Questionado sobre uma possível prorrogação do prazo, Neto disse que teria que haver uma decisão do Ministério da Saúde, não da prefeitura. O recadastramento também está sendo feito nas 152 Unidades Básicas da rede municipal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas