Só uma praia de Morro de São Paulo ainda tem óleo

bahia
23.10.2019, 08:32:00
Atualizado: 23.10.2019, 09:48:54
(Foto: Divulgação)

Só uma praia de Morro de São Paulo ainda tem óleo

Segunda Praia já foi liberada para banho e Terceira Praia possui alguns vestígios do óleo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Só uma praia de Morro de São Paulo ainda tem óleo e outra possui alguns vestígios. De acordo com informações da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável do município de Cairu, ao qual pertence o arquipélago,  o óleo aparece em maior proporção na Quinta Praia e pequenos pontos do petróleo cru foram identificados na Terceira Praia do Morro, mas já estão sendo removidos. Já a Primeira, Segunda, e Quarta Praias, assim como a Praia do Encanto, todas em Morro de São Paulo, permanecem limpas e liberadas para banho.

A presença do óleo que se espalhou pelo litoral nordestino foi constatada na madrugada de terça-feira em Morro de São Paulo. Por precaução, a Segunda e Terceira Praia chegaram a ser interditadas e o passeio pelas Ilhas suspenso. Mais de 1,5 tonelada de óleo foi retirada na terça-feira (22) da Segunda e Terceira praias, em Morro de São Paulo.

De acordo com a secretária municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Fabiana Pacheco, as primeiras manchas de óleo foram vistas entre 2h e 2h30 desta terça-feira (22) por moradores e turistas que estavam na praia. Como o óleo fixou nas pedras, foi preciso usar uma retroescavadeira para auxiliar os trabalhos do técnicos da prefeitura de Cairu e de voluntários. 

As praias de Boipeba que também haviam registrado a presença do óleo - Tassimirim e Coeira - também amanheceram sem registro de óleo na manhã desta quarta-feira (23).  As piscinas naturais também seguem liberadas e sem registro de óleo até o momento, seguyndo informou a prefeitura de Cairu.

Técnicos do órgão passaram a noite monitorando a mudança de comportamento da maré. O monitoramento conta com apoio de equipes da Marinha, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). 

As equipes de técnicos e voluntários segue hoje para continuar o processo de remoção dos resíduos que atingiram ontem a Quinta Praia e Garapuá. As praias seguem liberadas, mas a orientação da prefeitura é que os turistas fiquem atentos ao aparecimento de possíveis manchas de óleo. O município-arquipélago aguarda a avaliação dos órgãos estaduais responsáveis para recomendação de banho de mar no local.

Caso sejam encontradas manchas de óleo na área, deve-se entrar em contato imediatamente com a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável através do telefone (75) 3652-1064. 

Aos voluntários, a Prefeitura também reforça os cuidados durante a limpeza: utilizar de luvas de borracha, máscara de proteção, botas, pás e outros utensílios para evitar o contato direto com o óleo; armazenar o resíduo em sacolas resistentes ou baldes e usar chapéu para a proteção solar.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas