Sob o comando de Preto, Bahia volta aos treinos de olho no Atlético-GO

e.c. bahia
31.05.2017, 08:42:00

Sob o comando de Preto, Bahia volta aos treinos de olho no Atlético-GO

Auxiliar assume o time de forma interina enquanto a direção tricolor não anuncia um novo técnico

saída do técnico Guto Ferreira do Bahia ainda é tema entre torcedores e dirigentes, mas precisa ser superada rapidamente. Depois de dois dias de folga, o elenco tricolor se reapresenta na tarde desta quarta-feira (31), no Fazendão, e inicia a preparação para enfrentar o Atlético-GO, na próxima segunda-feira (5), às 20h, na Fonte Nova. 

Sem Gordiola, como Guto era chamado carinhosamente pelos torcedores, o auxiliar Preto Casagrande assume o time até que um novo treinador seja anunciado. Após duas derrotas fora de casa, para Vasco e Botafogo, o Esquadrão terá duas partidas em Salvador (Atlético-GO e Cruzeiro) para se recuperar e subir na tabela de classificação. Atualmente, o Bahia é 13º colocado, com três pontos em três rodadas.

Preto Casagrande vai comandar o time de forma interina até que um novo treinador assuma o cargo deixado por Guto
(Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Para o lateral-direito Eduardo, é preciso ficar esperto para não perder pontos em casa. “Infelizmente tivemos resultados ruins nas duas últimas rodadas e precisamos nos recuperar na competição. O Atlético-GO tem uma grande equipe e vem a Salvador para tirar pontos da nossa equipe. Vamos procurar ter atenção máxima para conquistar um triunfo em casa”, afirmou.

Para a partida contra os goianos, o Bahia pode ganhar o reforço do meia Gustavo Ferrareis. O jogador já treina no Fazendão e depende apenas de trâmites burocráticos para ser apresentado pelo Bahia. Outro que será anunciado nas próximas horas é o meia Vinícius, que acertou sua saída do Atlético-PR e vai assinar com o Bahia até o final de 2018. Ele também já está em Salvador.

A baixa será o lateral-esquerdo Armero. Convocado para amistosos da seleção colombiana, ele desfalca o tricolor em pelo menos três partidas - contra Atlético-GO, Cruzeiro, Grêmio e possivelmente Coritiba. 

“Tivemos boa apresentações nestas três primeiras rodadas, mas temos que melhorar ainda mais nas próximas. A Série A é uma competição muito forte e não dá espaços para erros. Temos que manter o trabalho sério que estamos fazendo para fazermos um grande Brasileiro”, finalizou Eduardo.

 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas