Soldado austríaco é condenado após tatuar suástica nos testículos

em alta
10.06.2021, 12:56:39
Atualizado: 10.06.2021, 13:00:28
(Foto: Shutterstock)

Soldado austríaco é condenado após tatuar suástica nos testículos

Réu disse que foi influenciado por 'más companhias'

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um soldado austríaco foi condenado há 19 meses de prisão após ter tatuado uma suástica no testículo, informou o tabloide britânico Daily Mail. O homem de 29 anos teria bebido duas garrafas de whiskey antes de deixar o seu irmão tatuar o símbolo nazista.

Após isso, ele teria postado uma foto da tatuagem na internet, além de ter mostrado para colegas do exército enquanto estava bêbado.

O soldado, que não foi identificado, foi ainda acusado de postar fotos realizando saudações nazistas em um museu de abrigo da Guerra Fria, beber vinho com o rosto de Hitler no rótulo e fazer propaganda nazi na internet.

O réu foi enquadrado nos crimes de glorificação do nazismo e porte ilegal de arma de fogo. Durante o julgamento, ele demonstrou remorso, alegando que estava "triste e envergonhado" de suas ações.

"Eu estava com más companhias. Para nós, tudo o que não era permitido era algo pelo qual gravitávamos, mas todos subestimamos enormemente o quanto isso foi um erro", disse ele.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas