SSP nega arrastões em Salvador e diz que atendimento está normalizado

bahia
08.10.2019, 19:45:41
Atualizado: 08.10.2019, 20:05:10
(Foto: Alberto Maraux/SSP)

SSP nega arrastões em Salvador e diz que atendimento está normalizado

Em assembleia à tarde, grupo de PMs decretou greve por tempo indeterminado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) negou qualquer tipo de distúrbio relaciona ao movimento grevista comandado por uma ala da Polícia Militar e garantiu que os "policiais militares permanecem atendendo a população através dos chamados via 190, sem qualquer tipo de anormalidade".

O anúncio de greve ocorreu na tarde desta terça-feira (8) durante uma assembleia da categoria, comandada por membros da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), no Clube da Adelba, em Patamares.

"Não existe registro de arrastões. (...) Informações falsas sobre arrastões, roubos, entre outros crimes serão investigadas pela Polícia Civil", informou a SSP em comunicado. Nas redes sociais, circularam informações de arrastões nos bairros da Liberdade e Cajazeiras.

Ainda de acordo com a SSP, nas primeiras horas da noite, o único registro relevante foi de um veículo com pane elétrica. A situação ocorreu na Avenida ACM, nas proximidades do Shopping da Bahia.

"Estamos com as equipes 100% nas ruas. A população sabe em quem confiar. Qualquer anormalidade devemos ser acionados através do telefone 190", informou o comandante de Operações da PM, coronel Humberto Sturaro.

Metrô
Um dos boatos que circulou nas redes sociais foi de uma depredação à bilheteria da estação de metrô da Lapa, situação negada pela assessoria da CCR Metrô Bahia, concessionária que administra o sistema.

Segundo a assessoria, um dos portões precisou ser fechado, por volta de 18h30, por conta do fluxo intenso de passageiros, para que houvesse melhor controle da multidão. A situação foi normalizada instantes depois.

Também circularam informações sobre um assalto à bilheteria e arrastão na estação do metrô de Brotas, o que também foi negado pela CCR.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas