Supermercado e duas lojas são interditados em Salvador

coronavírus
18.04.2020, 17:58:00
Atualizado: 18.04.2020, 18:04:57
Fiscalização de supermercados começou desde a sexta-feira, 17 (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Supermercado e duas lojas são interditados em Salvador

Vistoria identificou descumprimento de decreto da prefeitura

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um supermercado de Salvador foi interditado neste sábado (18) por descumprir o decreto da prefeitura que obriga controle da entrada de clientes e vagas no estacionamento como forma de conter o contágio do novo coronavírus. As informações são do G1 Bahia.

A lotação máxima depende da área total do estabelecimento, mas é preciso garantir proporção de 9 m² por pessoa. No estacionamento, só é permitido o uso de 50% das vagas disponíveis. Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), a unidade, que funciona na região do Iguatemi, além de ter mais pessoas do que o permitido durante a fiscalização realizada nesta manhã, não fazia controle da entrada de clientes na loja e nem no estacionamento.  

Além deste supermercado, a Sedur fez outras duas interdições, em duas lojas, uma de variedades e outra de celular, em ambas pela falta de uso de máscaras. O órgão vistoriou 81 locais neste sábado: 14 supermercados, 15 comércios de rua com área superior a 200m², três obras, cinco postos de combustível, uma barbearia e 43 lojas com área inferior a 200 m².

Os estabelecimentos estavam localizados em nove bairros da cidade: Av. Antônio Carlos Magalhães, Av. Juracy Magalhães, Pau da Lima, Pernambués, Barros Reis, Estrada das Barreiras, Brotas, Pituba e Vila Canária.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas