Suspeito de oito estupros é preso em flagrante ao tentar 9ª vítima em Feira

bahia
03.08.2019, 12:22:07
Atualizado: 03.08.2019, 13:40:05

Suspeito de oito estupros é preso em flagrante ao tentar 9ª vítima em Feira

Acusado de violentar e roubar vítimas, Valter foi detido e espancado por populares
Valter responde a nove inquéritos por tentativa de estupro, estupro e roubo (Foto: Acorda Cidade)

 Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Feira de Santana já havia recebido relatos de cinco vítimas de estupros, todos ocorridos quando elas estavam indo ou retornando do trabalho, nos bairros de Mangabeira, Cidade Nova e Feira VI, entre os meses de maio de julho.

Enquanto a Polícia Civil reunia informações na tentativa de identificar o suspeito, ele se preparava para atacar mais uma vítima, na tarde desta sexta-feira (2), dessa vez no bairro do Campo Limpo, quando acabou espancado por populares e preso em flagrante.

Reconhecido por vítimas
Identificado como Valter Ferreira, o Zulu, 25 anos, o agressor foi reconhecido pelas cinco vítimas que já haviam registrado ocorrência na delegacia, além de outras três, que estiveram na delegacia para relatar que também haviam sido estupradas e roubadas pelo suspeito.

À reportagem, a titular da Deam, delegada Ana Clécia Vasconcelos, explicou que Valter foi identificado antes mesmo de tentar o 9º estupro, por meio de imagens de câmeras de segurança dos bairros onde violentou as vítimas.

"A princípio, ele já era citado em cinco inquéritos, mas depois que divulgamos imagens dele, outras três mulheres estiveram aqui, e eu já havia pedido a preventiva dele. Agora, são nove inquéritos", relatou ela, ao destacar que Zulu não só estuprava, mas também roubava todos os pertences de suas vítimas.

Prisão
Ana Clécia contou ao CORREIO que, embora tenha sido preso no momento em que tentava atacar outra mulher, ao ser preto, Zulu negou os crimes. À polícia, disse que mora com a mãe, está desempregado, mas que "faz uns bicos de carreto de vez em quando". 

Em nota a Polícia Militar informou que militares da 65ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Feira de Santana) foram chamados, por volta das 15h, para atender a um chamado que dava conta de que um homem estava tentado estuprar uma mulher.

"Quando chegou ao local, a guarnição encontrou o acusado com lesões e escoriações. Ele foi encaminhado para a Policlínica da cidade e, em seguida, apresentado na delegacia onde já havia mandado de prisão em aberto pelas mesmas acusações", acrescentou a corporação.

"Não há dúvidas de que ele cometeu o crime, tendo o último ocorrido na última semana de julho, sempre quando as mulheres estavam indo ou voltando do trabalho, entre os primeiros horários e o final da tarde. Nós cumprimos o mandado e ele está à disposição da Justiça". 

Valter, que não tem antecedentes criminais, está preso na Penitenciária de Feira de Santana. Ele vai responder por estupro, tentativa de estupro e roubo.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas