Suspensão de Conti abre disputa por vaga na zaga do Bahia; veja opções

e.c. bahia
14.09.2021, 05:00:00
Destaque no sub-23, Gustavo Henrique é uma das opções para substituir Conti (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Suspensão de Conti abre disputa por vaga na zaga do Bahia; veja opções

Diego Dabove vai ter escolher novo parceiro para Luiz Otávio na defesa

Depois de ficar no empate sem gols com o Santos, no último sábado (11), na Vila Belmiro, e pontuar pelo segundo jogo seguido no Campeonato Brasileiro, o Bahia vai ter agora mais uma semana inteira para se preparar para o próximo desafio. 

O tricolor volta a entrar em campo no sábado (11), quando recebe o Red Bull Bragantino, às 21h, na Fonte Nova, pela 22ª rodada da Série A. O tempo vai ser importante para descansar os atletas, mas Diego Dabove também vai usar o período para resolver um problema no sistema defensivo. 

Um dos destaques do Bahia no Brasileirão, o zagueiro Conti recebeu o terceiro cartão amarelo e vai ter que cumprir suspensão diante do time paulista. A ausência do argentino vai forçar o Bahia a ter uma nova dupla de zaga. 

Considerando a permanência de Luiz Otávio na equipe titular, Dabove conta atualmente com três opções no elenco. São eles: Lucas Fonseca, Gustavo Henrique e Ligger. Nesse cenário, a disputa parece ficar entre os dois primeiros. 

Nos três jogos em que Diego Dabove comandou o Bahia, Gustavo Henrique e Lucas Fonseca estiveram no banco de reservas. Antigo capitão, Lucas tem ao seu favor a experiência. Por outro lado, pesa contra o tempo de inatividade.

A última vez que o jogador de 36 anos esteve em campo foi na derrota por 4x3 para o América-MG, na oitava rodada. Lucas não jogou bem e teve participação direta em pelo menos dois gols do Coelho. 

Já Gustavo Henrique tem 21 anos e vive a expectativa de estrear pelo time principal. Presença constante no banco de reservas, ele se destacou na equipe de transição e foi puxado para o grupo principal por Dado Cavalcanti. Gustavo vem atuando com regularidade já que por vezes reforça os aspirantes.  

Correndo por fora, Ligger parece ter perdido espaço no elenco. Contratado em junho como reposição para a iminente saída de Juninho, o jogador de 33 anos fez apenas três partidas. A última vez em que figurou no banco foi na derrota contra o Grêmio, por 2x0, fora de casa. Na ocasião, o Esquadrão foi treinado interinamente pelo português Bruno Lopes. Além disso, por ser canhoto, a entrada dele deslocaria Luiz Otávio do lado esquerdo para o direito da zaga.

Além da mudança na zaga, o tricolor também vai mexer no gol. Após cumprir suspensão, o goleiro Matheus Teixeira volta a ficar disponível para o técnico Diego Dabove. O argentino agora aguarda para saber se poderá contar com o atacante Rossi. O camisa 7 se recupera de uma lesão na coxa e vai depender da evolução do quadro durante a semana. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas