Taxista foi morto por vingança em emboscada, diz polícia

salvador
13.02.2020, 10:36:26
Atualizado: 13.02.2020, 10:55:03

Taxista foi morto por vingança em emboscada, diz polícia

Suspeito de cometer o crime afirma que Antônio Jorge matou a sua tia há 5 anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A morte do taxista Antônio Jorge de Souza Gomes Júnior, na noite dessa quarta-feira (12), foi motivada por vingança. A informação foi divulgada pela assessoria da Polícia Civil.

Um dos suspeitos de cometer o crime, Robson Santos de Jesus, é sobrinho da ex-companheira do taxista, e o acusa de ter matado a tia dele há cerca de 5 anos. Ainda de acordo com a polícia, Robson foi autuado em flagrante por homicídio e encaminhado para audiência de custódia.

Segundo a Polícia Militar, ele estava armado com um revólver e em companhia de uma mulher quando foi preso. "Durante a abordagem policial, ele alegou que cometeu o homicídio por vingança. Os PMs conduziram os envolvidos e a arma para a sede do DHPP para registro da ocorrência", diz a nota enviada pela corporação.

Testemunhas contaram que o casal estava dentro do táxi da vítima e fugiu após o crime. Antônio, de acordo com a Associação Geral dos Taxistas (AGT), estava no Campo Grande quando recebeu uma ligação e foi fazer a corrida. 

"Nosso colega foi vítima de homicídio após desentendimentos constantes com um primo, e ele armou, junto com uma mulher, uma emboscada para assassinar o taxista no início da noite, na [avenida] Barros Reis. Descartando assim a possibilidade de latrocínio", afirmou Denis Paim, presidente da AGT. 

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

*com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas