TCM retira terceirizados do índice de pessoal das prefeituras

satélite
25.07.2018, 16:10:00

TCM retira terceirizados do índice de pessoal das prefeituras

por Luan Santos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Por unanimidade, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) decidiu, nesta quarta-feira (25), retirar os trabalhadores terceirizados do cálculo de índice de pessoal das prefeituras. A proposta, reivindicada pelos prefeitos, tinha parecer favorável do relator,
conselheiro Plínio Carneiro.

Com isso, a expectativa dos prefeitos é que haja uma redução do índice de gastos com pessoal, um dos principais fatores que levam à rejeição das contas deles. A situação tem se agravado com a queda das receitas municipais provocada pela crise. 

Isso porque o índice de pessoal leva em conta a receita da cidade. Se a arrecadação cai, o índice aumenta proporcionalmente. A retirada vinha sendo articulada pela União dos Municípios da Bahia e pela Assembleia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas