TCU determina que Ufba elabore plano de ação para finalizar sete obras paradas

satélite
15.02.2019, 14:25:00
Atualizado: 16.02.2019, 22:57:06

TCU determina que Ufba elabore plano de ação para finalizar sete obras paradas

por Jairo Costa Júnior, com Luan Santos

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que a direção da Ufba apresente, em até 180 dias, um plano de ação para concluir sete obras paralisadas nos campi da universidade em Salvador. Entre os projetos listados pelo tribunal, estão a construção do edifício da Escola de Música, que foi licitada em 2011 e tinha previsão de término para 2013, e dos anexos dos institutos de Física e Química. O TCU decidiu ainda que o planejamento da Ufba deve conter os responsáveis pelas intervenções e o prazo estimado de retomada e conclusão dos serviços para uma das obras, no mínimo. A ordem da Corte tem origem na análise das contas da universidade no exercício de 2015, relatadas pela ministra Ana Arraes. 

Caso antigo
No ano passado, o CORREIO publicou uma reportagem sobre cinco prédios abandonados pela Ufba após o início das obras. Na época, a instituição atribuiu o atraso ao “cenário de grande dificuldade” em função do “contingenciamento de recursos” dos últimos anos.

Peso seu colo meu
Influentes caciques da base aliada ao Palácio de Ondina consideram pequenas as chances do ex-deputado federal Luiz Caetano (PT) comandar uma secretaria  estadual. Avaliam que o próprio governador Rui Costa (PT) resiste em acolher o petista, considerado inelegível e impedido de reassumir o mandato na Câmara pela Justiça Eleitoral. Rui, contam, quer evitar um duplo desgaste. A possibilidade de questionamento judicial sobre a nomeação de condenado à inelegibilidade preocupa mais que a segunda. No caso, que a escolha de Caetano seja vista como manobra para protegê-lo com o foro privilegiado concedido aos secretários. 

Soneto da ingratidão
Líderes do PR baiano cuspiram fogo ontem após a entrevista do novo secretário de Turismo, Fausto Franco, à rádio Metrópole. À frente da única pasta que o partido tem no governo, Franco agradeceu aos senadores Jaques  Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD)  pelo cargo, além do governador Rui Costa, claro.  Contudo, não citou o PR. Cardeais da sigla contaram à Satélite que o secretário, agora, será chamado de  “ingrato” pela turma . “Ele simplesmente esqueceu que é cota do partido”, reclamou um dos magoados.

Morto ao nascer
 Em meio às críticas sobre a baixa efetividade das propostas elaboradas por parlamentares da Assembleia, o deputado estadual Samuel Junior (PDT) apresentou projeto de lei que esbarra na Constituição, principal motivo para o naufrágio de matérias na Casa. Em suma, Samuel quer declarar a Ceplac patrimônio imaterial, científico e cultural do estado. Contudo, o órgão responsável pelas pesquisas relacionadas à lavoura cacaueira pertence ao governo federal, o que impede a ideia de prosperar.

Tempo é posto
Deputado estadual mais longevo da Bahia, com dez mandatos, Jurandy Oliveira (PP) foi eleito ontem presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia. A vice-presidência ficará com o deputado Sandro Régis (DEM).

"O projeto representa um avanço na luta do povo baiano contra a violência doméstica e familiar, na medida em que o cerceamento de atividades laborativas dentro da administração pública contribuirá para a redução  do número de agressões contra as mulheres", Jurailton Santos, deputado estadual do PRB, ao apresentar um projeto de lei que proíbe a nomeação de pessoas para cargos em comissão ou de confiança, assim como de função gratificada na administração pública (direta e indireta) do estado, que tenham sido condenadas pela Lei Maria da Penha

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas