Tecnoporto: brasileiro ganha prêmio da ONU com aplicativo para cadeirantes

tecnoporto
22.03.2017, 10:24:00
Atualizado: 22.03.2017, 10:32:37

Tecnoporto: brasileiro ganha prêmio da ONU com aplicativo para cadeirantes


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


O aplicativo brasileiro guiaderodas ganhou o prêmio de inovação com impacto na sociedade, uma competição global organizada pela ONU – Organização das Nações Unidas. O aplicativo concorreu com representantes de 178 países. O guiaderodas foi criado pelo empresário Bruno Mahfuz, cadeirante há 15 anos, a partir de sua própria experiência. Ele reúne informações de locais com acessibilidade de mais de 700 cidades, em 32 países, e está disponível gratuitamente para Android, iOS e Windows Phone.

Cameras que detectam suspeitos
O aeroporto de Winsconsin, Estados Unidos, está usando um Sistema de monitoramento que detecta movimentações anormais, um desafio para sistemas com um número grande de câmeras. Só nesse aeroporto Americano são 140 aparelhos enviando imagens 24 horas por dia. O que a nova tecnologia faz é avisar quando alguém entra em áreas restritas sem identificação ou quando pessoas começam a se movimentar no sentido oposto ao fluxo ou fora do considerado normal de diversas áreas do terminal de passageiros. Pistas de pouso e áreas operacionais também são monitoradas pelo sistema inteligente com o uso de câmeras térmicas especiais. Através delas é possível distinguir as pessoas de automóveis e também de objetos estáticos. Através da sinalização e visualização de imagens com incidentes como, por exemplo, escorregões e quedas, o serviço de segurança também ajuda o aeroporto a apurar eventuais responsabilidades. Fraudes no estacionamento também são imediatamente alarmadas na central de monitoramento que, assim, consegue agir rapidamente evitando prejuízos.

Cuco da saúde 
O CUCO, nome dado em homenagem aos antigos relógios de parede, é um aplicativo que ajuda pessoas que usam medicamentos contínuos e suas famílias. Só no Brasil 58 milhões de pessoas, cerca de 40% da população adulta, possui pelo menos uma doença crônica não transmissível. Esse tipo de doença, segundo levantamento dos criadores do APP, é responsável por 72% das mortes no Brasil. O aplicativo, que agora está disponível para Android e iOS, permite além de criar lembretes de medicamentos, cadastrar desafios de saúde que o paciente deseja superar, como por exemplo evitar ou controlar hipertensão, diabetes e obesidade. Com o uso de Inteligência Artificial, são enviadas mensagens com dicas e incentivos para que o paciente conheça mais sobre sua doença e entenda a importância de um determinado tratamento médico, e também permite que familiares acompanhem se os remédios e os resultados estão dentro do esperado.

O sistema consegue tanta versatilidade por estar conectado com o supercomputador Watson, da IBM. Uma ferramenta da última atualização, a enfermeira digital, é a última implementação que vem dessa conexão com o super equipamento sobre o qual já falei aqui na coluna. Os dados de cada usuário são processados diariamente e com isso o sistema aprende e segue em constante aperfeiçoando para entender e responder melhor as dúvidas dos pacientes de planos de saúde parceiros. O CUCO, disponível para Android e IOS, é gratuito.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/youtuber-compra-mansao-de-r-65-milhoes-apenas-para-gravar-videos/
Camila Loures disse que seguirá morando em sua antiga residência
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/daniela-faz-live-nesta-sexta-feira-29-com-transmissao-no-multishow/
Apresentação da cantora será em casa e terá clássicos como O Canto da Cidade, além de canções novas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/na-frente-do-stf-bolsonarista-sara-winter-xinga-moraes-e-ameaca-persegui-lo-assista/
Alvo de operação da PF contra rede de fake news, ativista convocou manifestantes para acampar na frente da casa de ministro do Supremo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/duster-2021-veja-tudo-que-mudou-no-suv-da-renault/
Jornalista automotivo testou o modelo e apresenta suas impressões
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/novelas-classicas-chegam-ao-globoplay-e-a-favorita-e-a-primeira/
'Laços de Família', 'Vale Tudo' e 'Tieta' estão entre as próximas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-parte-1-dia-de-tradicao-antecipada-teve-licor-e-forro-em-familia-em-salvador/
Para aliviar tensão da pandemia, muita gente recorreu ao humor e, claro, ao rango típico nessa segunda-feira atípica
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/anitta-x-leo-dias-entenda-o-conflito-entre-a-cantora-e-o-jornalista/
Cantora afirmou que era ameaçada e chantageada há alguns anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-dicas-para-se-dar-bem-nas-selecoes-de-emprego-pela-internet/
Especialistas selecionam uma série de orientações importantes para fazer bonito nas entrevistas
Ler Mais