Tempo em Suspensão

olhares
13.06.2020, 07:00:00

Tempo em Suspensão

Observadores privilegiados, os repórteres fotográficos do CORREIO também tiveram que se habituar a um novo vocabulário na sua jornada de trabalho. Acostumados aos verbos de ação, foram aos poucos introduzindo a cautela e a reflexão como parceiros inseparáveis da luz e do tempo.

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Avenida Paulo VI as vésperas do início das medidas restritivas no bairro da Pituba.
Avenida Paulo VI as vésperas do início das medidas restritivas no bairro da Pituba. (Tiago Caldas/CORREIO)
Alagamento no bairro de São Cristóvão.
Alagamento no bairro de São Cristóvão. (Arisson Marinho/CORREIO)
Moradores do Bonfim burlaram o isolamento social imposto pelas autoridades durante a pandemia.
Moradores do Bonfim burlaram o isolamento social imposto pelas autoridades durante a pandemia. (Nara Gentil/CORREIO)
Homens catavam moedas, correntes e outros objetos trazidos pelo mar na Barra.
Homens catavam moedas, correntes e outros objetos trazidos pelo mar na Barra. (Tiago Caldas/CORREIO)
O Jardim de Alan faz parte do trecho interditado na orla de Salvador..
O Jardim de Alan faz parte do trecho interditado na orla de Salvador.. (Arisson Marinho/CORREIO)
Fila para receber o benefício do governo federal no bairro de Periperi.
Fila para receber o benefício do governo federal no bairro de Periperi. (Arisson Marinho/CORREIO)
Rua deserta na Mouraria.
Rua deserta na Mouraria. (Nara Gentil/CORREIO)
Soteropolitanos desrespeitam a quarentena do coronavírus e caminham na orla do Rio Vermelho.
Soteropolitanos desrespeitam a quarentena do coronavírus e caminham na orla do Rio Vermelho. (Arisson Marinho/CORREIO)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas