Toffoli e Gilmar Mendes avaliam medidas contra Deltan após vazamentos

brasil
01.08.2019, 17:05:28
Atualizado: 01.08.2019, 17:15:10

Toffoli e Gilmar Mendes avaliam medidas contra Deltan após vazamentos

Mensagens divulgadas pelo Intercept Brasil indicam que Deltan estimulou investigações sobre Toffoli e a esposa, além da mulher de Gilmar

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Toffoli e Gilmar se irritaram após divulgação de novas conversas entre Deltan e procuradores da Lava Jato (Fotos: STF e ABr)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e o ministro Gilmar Mendes estariam avaliando que medidas devem ser tomadas contra o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. As informações são do colunista do Uol, Tales Faria.

Os dois ministros da Suprema Corte teriam se irritado com os diálogos publicados nesta quinta-feira (1º) pela Folha de S.Paulo e pelo site The Intercept Brasil. Nas mensagens atribuídos a Dallagnol, o procurador teria estimulado investigações sobre Toffoli, sua esposa, Roberta Rangel, e Guiomar Mendes, mulher do ministro Gilmar Mendes. 

Segundo Tales Faria, a avaliação é de que, caso os diálogos se confirmem, Dallagnol precisa ser punido exemplarmente, assim como devem ser afastados da Lava Jato todos cujos diálogos, confirmados, apresentem práticas irregulares ou antiéticas.

Insatisfação
Está marcada para esta quinta, às 14h, a primeira sessão plenária do STF após o recesso do Poder Judiciário. Com isso, espera-se que Toffoli e Gilmar se pronunciem publicamente sobre o assunto. Eles já demonstravam insatisfação com a operação ainda antes da divulgação das mensagens supostamente trocadas pelo então juiz Sergio Moro e membros do Ministério Público Federal. Agora, se sentem mais seguros de suas avaliações. Com informações de Tales Faria, do Uol.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas