Trabalhadores descem do ônibus, espancam ladrão e impedem assalto em MG; vídeo

em alta
07.06.2022, 13:17:21
(Foto: Reprodução)

Trabalhadores descem do ônibus, espancam ladrão e impedem assalto em MG; vídeo

Assaltante e comparsa foram presos

Um homem que tentava assaltar uma mulher foi impedido por passageiros que desceram de um ônibus para acudí-la. Além de impedir o assalto, os trabalhadores também espancaram o assaltante. O caso foi registrado na manhã dessa segunda-feira (6) em Itabira, na região Central de Minas Gerais. 

O assaltante de 22 anos e outro suspeito que o acompanhava, de 24 anos, foram presos, informou o site BHAZ.

A mulher assaltada, de 36 anos, conta que saiu de casa por volta das 5h45 para trabalhar. Em dado momento, passou por dois homens, sendo que um deles voltou e a puxou bruscamente pela mochila, a atacando com empurrões, ameaças e xingamentos.

Nas imagens é possível ver que a vítima tenta fugir, mas o homem a agarra novamente e a joga no chão, causando ferimentos no rosto e joelho dela. O motorista de um ônibus que passava e levava trabalhadores de uma empresa parou o veículo e vários homens desceram, impedindo que o assaltante continuasse as agressões.

Os homens, então, cercaram o bandido, o derrubaram e agrediram. O comparsa dele retorna ao local tentando afastar o grupo que impediu o assalto. Os dois fogem.

Segundo a PM, os autores foram identificados e localizados. Nas casas deles, foram apreendidas porções de substâncias que pareciam maconha e cocaína. Um dos suspeitos resistiu à prisão, tentando usar um bebê de quatro meses como escudo e agredindo um militar. Ele precisou ser imobilizado pela polícia e os dois acabaram presos.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas