Trade turístico baiano teme falência de bares, restaurantes e pequenas empresas do setor

ronaldo jacobina
17.03.2020, 05:00:00

Trade turístico baiano teme falência de bares, restaurantes e pequenas empresas do setor


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Divulgação)
Restaurantes e bares podem ter que demitir funcionários


Os congressos e outros eventos marcados para acontecer em Salvador até o próximo mês de junho foram cancelados ou adiados em função da pandemia do Coronavírus. A informação é do presidente do Salvador Destination, Roberto Duran, que prevê um caos no trade turístico nos próximos meses.  Segundo ele, se a situação se agravar, as empresas de turismo, sobretudo as pequenas, não suportarão e poderão ir à falência. A situação pior, segundo Duran, acontecerá na ponta. “O segmento de bares e restaurantes, por exemplo, terá que demitir para reduzir custos”, diz.  

(Divulgação)
Roberto Duran, presidente do Salvador Destination

Caixa em baixa
Já a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA), em nota encaminhada à coluna, diz que a pandemia vem afetando diretamente o fluxo de caixa das empresas. “É importante lembrar que isso é em função do impacto global que está atingindo todos os segmentos econômicos, não só a hotelaria”. A entidade diz que irá pleitear junto aos governos medidas para minimizar o impacto do coronavírus no segmento. 

Escritório em casa
Com unidades em Salvador e em Lisboa, Portugal, o arquiteto Sidney Quintela resolveu mandar sua equipe portuguesa trabalhar de casa. Segundo ele, o trabalho em home office está fluindo bem e as reuniões com a equipe e clientes só por meio virtual. Com relação ao escritório de Salvador, Quintela diz que está se organizando para adotar o mesmo procedimento. “Avaliaremos o cenário até quinta-feira para decidirmos como proceder, mas acredito que faremos o mesmo aqui”, disse. 

(Divulgação)
Arquiteto Sidney Quintela mandou equipe trabalhar de casa

Cautela 
Toda a programação do mês de março da República Af, no Pelourinho, foi suspensa por tempo indeterminado. Segundo Aninha Franco e Rita Assemany, as artistas que comandam o espaço cultural, o momento requer prudência. 

(Correio)
República AF se antecipou ao decreto municipal e suspendeu espetáculos

Segundo semestre
O Festival de Lençóis, que estava marcado para acontecer entre os dias 30 de abril e 2 de maio, foi adiado para o segundo semestre. A decisão foi tomada em comum acordo entre os produtores do evento e a prefeitura municipal. O festival  – que ano passado não aconteceu por falta de patrocínio – foi remarcado para acontecer entre os dias 9 e 12 de outubro, na cidade da Chapada Diamantina. 

Vinho para depois
Anunciada pela coluna, a Vin Premiere Famiglia Valduga, que aconteceria no próximo dia 26 de março no Yacht Clube da Bahia, foi cancelada. O Grupo Famiglia Valduga optou por suspender o evento até a normalização da situação. 

Moda em alerta
O mundo da moda também adotou cautela. O São Paulo Fashion Week, previsto para ser realizado entre 24 e 28 de abril, cancelou esta temporada. A direção do evento anunciou que a edição 50 que celebra os 25 anos do evento, está mantida para acontecer entre os dias 16 e 20 de outubro.

(Divulgação)
Paulo Borges cancelou SPFW

Italiano premiado
A unidade baiana do La Pasta Gialla foi escolhida, entre as 14 lojas espalhadas pelo Brasil, como a Equipe Campeã em Gestão e Atendimento do ano de 2019. O sócio Marcelo Reis recebeu o prêmio, pelo trabalho do restaurante na sede da empresa, em São Paulo. A filial baiana é tocada por Reis, a irmã Fernanda, e o chef Sergio Arno. “Fico muito feliz com o reconhecimento. O esforço é contínuo e de uma equipe”, celebra Marcelo Reis. 

(Foto:GB Souza/Divulgação)
Sergio Arno e Marcelo Reis no La Pasta Gialla Salvador


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas