Tragédia anunciada: Vitória lutou contra o rebaixamento nos últimos três anos

e.c. vitória
28.11.2021, 18:21:00
Fabinho tenta passar pela marcação do Vila Nova (Paula Fróes/CORREIO)

Tragédia anunciada: Vitória lutou contra o rebaixamento nos últimos três anos

Em 2019 e 2020, o rubro-negro escapou da queda na penúltima rodada da Série B

O coração do torcedor do Vitória levou o baque final na última rodada da Série B do Brasileiro, quando o time perdeu do Vila Nova por 1x0 e lamentou o rebaixamento à terceira divisão nacional, mas a nação rubro-negra sofreu decepções ao longo de todo o campeonato. A tragédia esportiva concretizada neste domingo (28) já vinha sendo anunciada há algum tempo.

O Vitória foi um dos protagonistas da zona de rebaixamento durante quase todo o torneio. A primeira vez que visitou o Z4 foi logo após a quarta rodada, em junho. Na ocasião, o Leão empatou por 0x0 com Remo, no estádio Baenão, em Belém, e ficou na 17ª posição.

Passeou fora da zona nas duas rodadas seguintes, depois de vencer o Brusque por 3x1, no Barradão, e perder para o Coritiba, por 1x0, no Couto Pereira, em Curitiba, mas voltou ao Z4 na 7ª rodada, após nova derrota, dessa vez em Salvador, por 2x1, para o Londrina.

Daí por diante, o Leão ficou na gangorra de entra e sai da zona de rebaixamento, chegando no máximo até o 15º lugar, até a 16ª rodada, quando perdeu mais uma no Barradão, diante do Vasco, por 2x1. Depois daquele 7 de agosto, o Vitória nunca mais conseguiu deixar o Z4. Foi o segundo turno inteiro dando murro em ponta de faca. Quase sempre ocupando a 17ª ou 18ª posição, o rubro-negro chegou a amargar a vice-lanterna do campeonato uma vez, na 34ª rodada, após empate em 1x1 com o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis.

O Vitória só não esteve no grupo de degola em 10 das 38 rodadas. O melhor posicionamento do Leão foi na primeira, quando ocupou a 10ª colocação depois de empatar em 1x1 na estreia com o Guarani, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Posteriormente, na 5ª rodada, esteve em 12º lugar.

A queda à Série C ocorrida este ano vinha sendo ensaiada desde 2019, primeiro ano do Vitória na segunda divisão após o último rebaixamento da Série A. O time escapou do descenso na penúltima rodada, história que repetiria em 2020. 

Em 2019, o Leão comemorou a permanência na Série B depois de vencer o Operário por 2x1, no estágio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná. Na rodada derradeira, ainda se deu ao luxo de perder para o Coritiba, pelo mesmo placar, no Barradão. Em 2020, a história foi semelhante. Na penúltima rodada, o Vitória conseguiu em casa o placar magro de 1x0 contra o Botafogo-SP e escapou. Cumpriu tabela contra o Brasil de Pelotas e venceu a equipe gaúcha com o mesmo marcador, no estádio Bento Freitas, em Pelotas.    

Este ano, no entanto, o desfecho foi diferente. O Leão até teve a chance de deixar a zona de rebaixamento na penúltima rodada, o que faria o time depender somente das próprias forças na última rodada, mas a equipe comandada por Wagner Lopes perdeu para o CRB por 3x1 no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Os números evidenciam o fracasso. O rubro-negro somou apenas 40 pontos, após 8 vitórias, 16 empates e 14 derrotas. Foram 31 gols marcados e 32 sofridos. O time terminou a Série B em 18º lugar, com aproveitamento de 35%. Remo, Confiança e Brasil de Pelotas são os outros rebaixados para a Série C.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas