Trânsito de Salvador foi 30% menos congestionado em janeiro, diz Transalvador

Trânsito
05.02.2017, 01:26:00
Atualizado: 05.02.2017, 09:00:28

Trânsito de Salvador foi 30% menos congestionado em janeiro, diz Transalvador

Dados foram coletados pelo Núcleo de Operação Assistida (NOA) do órgão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O tempo médio gasto pelos condutores de Salvador diariamente em congestionamentos caiu 30% em horários de pico, comparando os meses de janeiro de 2016 e de 2017, de acordo com a Transalvador. Os dados são do Sistema de Monitoramento do Trânsito em Tempo Real do Núcleo de Operação Assistida (NOA). 

De acordo com o núcleo, o tempo médio diário foi de 76 minutos no primeiro mês deste ano, já no mesmo período do ano passado, esse tempo foi de 108 minutos. O cálculo leva em conta cerca de 400 km de vias apenas nos horários mais problemáticos, das 6h30 às 9h30, das 12h às 14h30 e das 16h30 às 19h30, entre segunda e sexta-feira.

Os dados mostram ainda que a velocidade média que os veículos atingem nos horários de pico subiu 10%. “Isso significa que, além de menos tempo presos no congestionamento, os condutores têm a sensação de que, apesar de lento em determinados pontos, houve uma melhora na fluidez”, explicou Fabrizzio Müller, superintendente da Transalvador.

Outros indicadores avaliados confirmam os resultados, segundo a Transalvador. O nível de fluidez hoje é de 79% na média que considera toda a cidade, quando no ano passado era de 66%. Fabrizzio esclarece que “há uma crescente tendência de melhoria, pois 100% de fluidez indicam uma via totalmente livre, ideal”.

Quando somadas as oito horas que correspondem ao horário de pico, o estudo mostra que em apenas 15% do total desse tempo houve congestionamento em Salvador no último mês. Em 2016, o período de trânsito realmente congestionado ocupava 21% dessas horas avaliadas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas