Travesti é executada por dupla armada no Alto do Peru

salvador
05.06.2018, 16:46:00
Atualizado: 05.06.2018, 16:47:11

Travesti é executada por dupla armada no Alto do Peru

DHPP investiga o caso; vizinha relata mais de 20 tiros

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma travesti de 19 anos, que não teve o nome social divulgado, foi morta por disparos de arma de fogo no final da noite dessa segunda-feira (3), na Rua Boa Esperança, bairro do Alto do Peru, em Salvador. De acordo com informações da Polícia Militar, policiais foram acionados pelo Cicom (central de comunicação das polícias) para atender a uma ocorrência de tentativa de homicídio na localidade.

Ainda de acordo com a PM, a guarnição foi informada por populares que uma travesti foi atingida e, em seguida, socorrida por familiares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Avenida San Martin.

Um vizinho da vítima, que preferiu não se identificar, disse que a travesti estava na rua no momento em que um dos dois autores do homicídio chegou atirando. "Ela mora aqui há muito tempo e estava na rua, quando dois caras chegaram atirando. Foram pelo menos seis tiros", afirmou ao CORREIO.

Uma vizinha disse que ouviu dezenas de disparos.

"Eu ouvi mais de 20 tiros, porque eu estava passando na hora. Todo mundo que estava na rua correu", afirmou ela, também sem se identificar.

Ainda não há informaçãoes sobre a autoria e motivação do crime. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas