Travesti é presa por esfaquear lutador de jiu-jitsu após programa

brasil
14.09.2021, 10:30:07
Atualizado: 14.09.2021, 10:50:32
(Foto: Reprodução / Bandeirantes)

Travesti é presa por esfaquear lutador de jiu-jitsu após programa

Ela tentou aplicar golpe financeiro no cliente em São Paulo

Uma travesti foi presa em São Paulo por esfaquear um lutador de jiu-jitsu após a realização do programa. De acordo com a TV Bandeirantes, a discussão entre os dois começou após ela tentar aplicar um golpe financeiro no cliente.

Segundo as informações da polícia, os dois combinaram um valor de R$ 40 para o programa, que foi realizado em um motel. Após finalizarem os serviços, a profissional do sexo colocou o valor de R$ 400 na maquininha de cartão de crédito, cuja tela estava riscada justamente para dificultar a visualização do valor por parte da vítima.

No entanto, o lutador percebeu o golpe e questionou a travesti. Os dois entraram em luta física e ela acabou esfaqueando o rapaz.

O homem foi levado ao hospital e passa bem. Já a travesti tentou fugir do motel, mas foi interceptada pela polícia e levada para a delegacia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas