Trecho da Rua Chile é interditado para obras

salvador
25.01.2019, 16:12:00
Atualizado: 25.01.2019, 17:02:22
(Bruno Concha/Secom/PMS)

Trecho da Rua Chile é interditado para obras

Segundo a Transalvador, previsão é que seja liberado antes do Carnaval

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O trecho da Rua Chile, em frente ao Palácio Rio Branco, foi totalmente interditado pela Transalvador, e a previsão é que seja liberado antes do Carnaval. A proibição no tráfego de veículos no local é por conta das obras que estão sendo realizadas na região do Centro Histórico, nas imediações da Praça Municipal. 

De acordo com a Transalvador, os condutores que precisam seguir da Praça da Sé em direção à Praça Castro Alves, devem entrar na rua do Tira Chapéu, à esquerda. Chegando na Rua da Ajuda, que passa a ser de mão dupla, segue até o final de linha da Praça da Sé, de onde acessa a Rua Chile. O tráfego no sentido Praça Castro Alves até a Praça da Sé não será modificado.

Agentes da Transalvador orientam motoristas sobre as alterações, solicitadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), que está realizando intervenções na região.

As obras de revitalização da Rua Chile integram o projeto 'Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador', desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Conder. Está prevista a requalificação de 330 metros da via. Entre as mudanças, a substituição do asfalto por paralelepípedo e a exposição dos trilhos dos antigos bondes que percorriam a Rua Chile. 

Para realizar as intervenções no local, que é considerado Patrimônio da Humanidade e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), uma equipe de arqueólogos acompanha as escavações e treina os operários para que identifiquem fragmentos arqueológicos do período de fundação da via, ocorrida em 1549.

O projeto de revitalização inclui reformas de infraestrutura urbana com melhorias na acessibilidade, nova pavimentação em paralelepípedo e rebaixamento da fiação aérea. 

As obras na Rua Chile fazem parte do lote 2 do projeto 'Pelas Ruas', que compreende, além de 18 ruas do Centro Histórico, os bairros do Dois de Julho, Nazaré e Politeama. Ao todo, o projeto conta com investimento de R$ 124 milhões e deve requalificar mais de 280 ruas do Centro Antigo de Salvador.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas