Tubarão é fotografado 'pegando onda' em praia de Fernando de Noronha

brasil
28.09.2020, 20:18:00
Atualizado: 28.09.2020, 20:23:01
Tubarão na praia de Cacimba do Padre, em Noronha (Foto: Dandara Guedes/Acervo pessoal)

Tubarão é fotografado 'pegando onda' em praia de Fernando de Noronha

Moradora da ilha que fez imagem conta que viu outros quatro tubarões por perto, mas só desistiu de banho porque mar estava revolto

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um tubarão da espécie limão foi fotografado pegando uma onda (os surfistas chamariam a manobra de tubo) na praia Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha, nesse domingo (27). Segundo o portal G1, a imagem foi registrada pela enfermeira Dandara Matias Guedes, moradora da ilha que trabalha na Superintendência de Saúde, no combate à covid-19.

“Eu gosto de fotografar, sempre que é possível, nas minhas folgas. Estive na Cacimba do Padre e vi cinco tubarões numa região com muitas sardinhas. Preparei a máquina, fiz uma série de fotos e consegui o registro. Adorei o resultado”, contou ao G1.

A fotógrafa amadora contou que desistiu do banho de mar no dia de folga, mas não por medo do tubarão, e sim para evitar entrar na água com o mar revolto.

Especialista em tubarões, o engenheiro de pesca Léo Veras avaliou as imagens a pedido do G1. “As fotos são lindas e retratam o momento em que o tubarão administra o cardume de sardinhas, uma espécie de patrulha. O objetivo dele é evitar que as sardinhas se afastem da praia. No final da tarde, inicia a alimentação, devorando as sardinhas”, declarou.

Ainda de acordo com Veras, “os tubarões não surfam as ondas, como fazem os golfinhos. Eles permanecem na região até poucos segundos antes de a onda quebrar”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas