Tudo que você precisa saber antes de ir ao Festival Virada Salvador

salvador
27.12.2019, 13:05:00
Atualizado: 27.12.2019, 13:05:37
Festival da Virada Salvador leva cinco dias de festa para a Arena Daniela Mercury (Foto: Divulgação)

Tudo que você precisa saber antes de ir ao Festival Virada Salvador

Prefeitura divulgou esquemas especiais de transporte, acesso e segurança

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Vai começar o Festival Virada Salvador. A festa agita a capital baiana a partir do próximo sábado (28) e vai até a quarta-feira - primeiro dia de 2020. Mais uma vez, a folia de fim de ano acontece na Arena Daniela Mercury, montada na orla da Boca do Rio (ao lado do novo Centro de Convenções). 

Para garantir que baianos e turistas cheguem e saiam do evento na boa, a Prefeitura Municipal de Salvador montou uma operação para garantir chegada e saída de quem vai carro, transporte público ou individual de passageiros. Além disso, um esquema especial de segurança também foi montado para o evento. 

A Prefeitura recomenda que as pessoas utilizem transporte coletivo (ônibus e/ou metrô) ou individual de passageiros, a exemplo de táxi, mototáxi e veículos de aplicativo, principalmente se houver a intenção do consumo de bebida alcoólica. Quem decidir ir de carro poderá contar com mais de 1,5 mil vagas de estacionamento na região da arena. Vale lembrar que a Avenida Octávio Mangabeira, a principal, não será bloqueada para o trânsito, mas recomenda-se, para quem não for ao evento, que se evite passar pela via a partir das 17h. 

Estacionamentos 
Um total de 1,2 mil vagas de Zona Azul estará disponível em bolsões ao longo da Avenida Octávio Mangabeira. O valor da Zona Azul varia de R$3 (período de duas horas), R$6 (seis horas) e R$9 (12 horas). Os condutores terão a liberdade de optar por adquirir os tíquetes com os operadores no local ou utilizar o aplicativo da Zona Azul Digital.  

Além da Zona Azul, outras 324 vagas de estacionamento ficarão à disposição na parte interna do Centro de Convenções de Salvador, entre 15h e 6h. O valor é de R$30. Esses tíquetes serão vendidos por representantes da Superintendência da Transalvador que estarão no local. 

Transporte 
Quem optar pelo transporte coletivo terá uma frota com ônibus acessíveis disponíveis. Os pontos de ônibus que ficam no perímetro serão provisoriamente desativados e os usuários do transporte coletivo vão acessar outras cinco paradas próximas da arena, montados especialmente para a realização da festa.

Suporte semelhante será dado para os usuários do serviço de mototáxi, que terão pontos em locais estratégicos da Avenida Octávio Mangabeira. Quem utiliza aplicativos de transporte pode embarcar e desembarcar em duas áreas: nas proximidades do restaurante Yemanjá, no sentido Pituba, ou nas imediações do Colégio Imeja, no sentido Itapuã. Já quem optar pelo táxi pode procurar o modal no ponto localizado em frente ao Colégio Imeja. Existe também a possibilidade de utilizar o aplicativo Táxi Mobi, que oferece desconto nas corridas. 

Acessos, horários e segurança
Quem for curtir os dias de virada também contará ainda com uma operação especial de segurança. Cerca de 550 guardas municipais atuarão com patrulhamento preventivo. As crianças, que deverão estar acompanhadas de seus responsáveis, serão identificadas logo na entrada, após a revista da Polícia Militar. Ninguém pode entrar na arena sem ser revistado. Materiais que configurem armas brancas não terão a entrada permitida, nem mesmo por ambulantes credenciados. 

A entrada na arena será feita através de dois acessos controlados, um para quem chega da Boca do Rio e outro do Jardim de Alah. Além disso, o acesso para os camarotes montados para o evento será feito pela Avenida Octávio Mangabeira. De sábado a terça (31), os shows começam às 18h. Na quarta (01), a partir das 15h.   

O festival contará com mais de 30 artistas e trará uma mensagem de respeito e promoção à diversidade. O caráter festivo terá um tom multifacetado e voltado para todos os gostos, que vão de Igor Kannário a Paralamas, de Iza a Psirico.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas