Uber não entrega doces de casamento e deixa noivos 'na mão'

em alta
20.05.2022, 09:19:23
(Reprodução/O Povo)

Uber não entrega doces de casamento e deixa noivos 'na mão'

Motorista de aplicativo alegou não ter encontrado ninguém no local da entrega

Um motorista do aplicativo Uber Flash foi solicitado para fazer a entrega de mil salgados e 150 bem-casados de um casamento, no entanto, o pedido nunca chegou ao destino e a festa teve um prejuízo de R$ 2 mil. O caso aconteceu no sábado, 14, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com Ana Maria dos Santos, de 52 anos, que solicitou o pedido, ao entrar em contato com o motorista, ele alegou que não havia ninguém para receber o pedido e ainda acrescentou que a Uber orientou que ele se desfizesse das mercadorias diante da situação.

Após relatar em suas redes sociais o que aconteceu com o serviço, a Uber Flash entrou em contato com Ana Maria e garantiu que estornaria o valor da corrida, de R$ 74,91. Porém, a empresa alegou que não é responsável pelo prejuízo da encomenda que não foi entregue.

A Polícia Civil informou hoje, 19, por meio de uma nota, que instaurou um inquérito para apurar o caso e investigar o possível crime de apropriação indébita.

O que diz a Uber sobre motorista que sumiu com doces e salgados de casamento
A Uber está à disposição das autoridades competentes para colaborar, nos termos da lei. É importante ressaltar que, no Uber Flash, usuários podem solicitar a motoristas parceiros viagens para o transporte de objetos como pacotes, presentes, documentos e outros artigos pessoais, de porte médio ou pequeno, que possam ser acomodados com segurança no porta-malas do veículo.

Não é permitido enviar itens de valor ou cujo transporte seja proibido por lei ou pelas regras da categoria. Itens essenciais e/ou com valor superior a R$ 500 não podem ser transportados, de acordo com os termos de uso da modalidade de serviço. Antes de cada solicitação, as regras do Uber Flash são exibidas no aplicativo para que o usuário possa verificar e concordar antes de seguir com o pedido.

Conteúdo publicado originalmente em O Povo.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas