Unifacs terá debate sobre depressão nesta terça-feira

bahia
03.12.2018, 20:42:00
Atualizado: 03.12.2018, 20:43:09

Unifacs terá debate sobre depressão nesta terça-feira

Youtuber PC Siqueira é um dos participantes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um debate sobre a juventude e depressão será realizada nesta terça-feira (4) às 15h na Universidade Salvador (Unifacs). A universidade receberá a turnê do Coletivo #PodeContar, que aborda sobre depressão através da empatia como uma aliada para romper o silêncio e como forma de incentivo para a busca pelo diagnóstico adequado.

O Coletivo é composto por influenciadores digitais e especialistas médicos que estão gerando apresentações gratuitas e abertas ao público para debater sobre o tema nas cidades de São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro.

A apresentação será aberta ao público e contará com a presença da professora de Psiquiatria  da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Carmita Abdo e o professor titular do Instituto de Psiquiatria e Psicanálise da Infância e Adolescência, Dr. Kalil Duailibi

O youtuber PC Siqueira, a cantora e compositora Uyara Torrente, a criadora do blog Futilidades, Joana Cannabrava e a estilista e consultora de comunicação, Carol Burgo, também participarão do debate.

O evento ainda terá oficinas de yoga e atividades manuais como bricolagem, marcenaria, bordado e crochê.

De acordo com dados da Federação Mundial para a Saúde Mental, mais de 70% dos indivíduos com depressão não falam ou conversam sobre a doença porque sentem vergonha de serem julgados e receio de sofrerem preconceitos. Na ocasião, o coletivo conduzirá um debate sobre a juventude e as pressões do novo adulto.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas