Vacinação contra covid-19 na Bahia começará nesta terça, anuncia secretário

coronavírus
18.01.2021, 11:04:38
Atualizado: 18.01.2021, 11:13:34
(Tomaz Silva/Agência Brasil)

Vacinação contra covid-19 na Bahia começará nesta terça, anuncia secretário

Previsão é de que as doses sejam distribuídas aos municípios ainda hoje

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A vacinação em todo estado da Bahia deve começar nesta terça-feira (19), anunciou o secretário estadual da Saúde, Fábio Villas-Boas. Segundo ele, a campanha deve começar logo cedo.

A previsão é de que as doses, que vão chegar em Salvador nesta segunda (18), sejam distribídas aos municípios ainda hoje três horas após o desembarque. Não há previsão de horário.

"Após 3h do recebimento das vacinas em solo baiano, elas já serão enviadas para os municípios e amanhã começaremos a vacinação na Bahia", afirmou o secretário.

As doses saíram de Guarulhos, São Paulo, por volta das 10h, em aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB). Elas foram enviadas inicialmente para o Distrito Federal e para as capitais de 10 estados: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Roraima e Santa Catarina. Ainda não há previsão de quando o avião da FAB sairá com destino à Bahia.

Doses
A Bahia vai receber 376.600 doses da Coronavac nesta segunda-feira (18). A divisão com a quantidade de doses por estado foi divulgada pelo Ministério da Saúde, na noite de domingo (18). Dessa forma, serão vacinadas 179.361 pessoas, considerando as duas doses necessárias e também a perda técnica que pode acontecer durante o transporte.

O número de doses não contempla o total de pessoas que fazem parte do grupo prioritário da fase 1, segundo o plano de vacinação do governo do estado. Nesta fase, estão contemplados trabalhadores da área de saúde, idosos com mais de 75 anos, brasileiros acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência, indígenas e comunidades tradicionais, totalizando 1.791.438 de pessoas. Para atender a todas, serão necessárias 3.582.876 doses.

Segundo o Ministério da Saúde, com essas primeiras doses serão vacinadas, na Bahia, 9.788 pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas; 829 pessoas com deficiência institucionalizadas; 27.201 indígenas; e 142.087 profissionais da saúde, o que corresponde a 34% desse público.

A expectativa da Secretaria estadual da Saúde (Sesab) era receber 422 mil doses. De acordo com o plano divulgado pelo governo estadual, as doses serão levadas por via terrestre para as cidades da Região Metropolitana de Salvador, Feira de Santana, Alagoinhas, Santo Antônio de Jesus, Serrinha, Mundo Novo, Itaberaba, Amargosa e Cruz das Almas. Por via aérea, a entrega será nas cidades de Gandu, Ilhéus, Itabuna, Eunápolis, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Cícero Dantas, Jequié, Itapetinga, Juazeiro, Jacobina, Brumado, Vitória da Conquista, Irecê, Ibotirama, Boquira, Caetité, Barreiras, Santa Maria da Vitória, Seabra, Senhor do Bonfim e Guanambi.

Chegada na Bahia
Na Bahia, a sede do Grupamento  Aéreo da Polícia  Militar será o ponto de guarda das doses de vacinas que chegarão ao estado. De acordo com o Governo do Estado, o local foi escolhido  de maneira estratégica, com o objetivo  de facilitar a distribuição  do material em todo o estado, de maneira mais rápida. 

Camaras frigoríficas  já  estão no Graer. De acordo com a Secretaria  de Saúde do Estado (Sesab), municípios distantes mais de 300 quilômetros  da capital baiana terão as doses enviadas por aeronaves. As demais devem ser entregues por meio terrestre com escolta da Polícia Militar para garantir a segurança no deslocamento.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas