Vereador alcoolizado atropela e mata ciclista idosa em Goiás

brasil
09.08.2017, 21:40:41
Atualizado: 09.08.2017, 21:43:47
(Reprodução/TV Anhaguera)

Vereador alcoolizado atropela e mata ciclista idosa em Goiás

Ele pode ser indiciado por homicídio culposo, omissão de socorro e embriaguez ao volante

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um vereador da cidade de Mara Rosa, a 367 quilômetros de Goiânia, foi preso no fim da tarde desta terça-feira, 8, depois de ter atropelado uma ciclista idosa e fugido do local do acidente. A vítima, Elza Maria da Luz, de 60 anos, foi socorrida e levada a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após chegar à unidade.

A Polícia Militar foi até a casa de Luiz Carlos Barcelos (PDT), mais conhecido na região como Batata, depois de relatos de testemunhas que descreveram o carro que ele dirigia, um VW Polo cor preta. O veículo foi encontrado amassado. Os PMs prenderam o político pouco tempo depois do acidente. Ele foi levado para exame médico e foi constatado estado de embriaguez.

O acidente ocorreu por volta das 16 horas de terça, quando a ciclista seguia em sentido contrário ao do carro do vereador, que estaria em alta velocidade. O delegado de Mara Rosa, Bernardo Comunale, disse que, além de omissão de socorro, o vereador pode ser indiciado por homicídio culposo e embriaguez ao volante.

Ele interrogou Barcelos no dia do atropelamento, mas o suspeito preferiu ficar em silêncio. O parlamentar permanecia detido na Unidade Prisional de Mara Rosa até as 17 horas desta quarta. O advogado do vereador não retornou os contatos da reportagem. O corpo da idosa foi velado em Mara Rosa em clima de comoção.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas