Vídeo: Alison solta palavrão ao vivo na Globo e deixa Luís Roberto em saia justa

em alta
29.07.2021, 17:00:00
(Foto: Reprodução)

Vídeo: Alison solta palavrão ao vivo na Globo e deixa Luís Roberto em saia justa

Atleta se desculpou e brincou ao saber da repercussão: 'Foi mal, galera. O assessor resolve depois'

O ponto final que garantiu a classificação de Alison e Álvaro Filho para as oitavas de final do vôlei de praia na Olimpíada de Tóquio foi mero detalhe para quem acompanhou os momentos finais do jogo pela televisão, diante da comoção que alguns palavrões ao vivo causaram nas redes sociais. E quem pagou o pato foi o narrador da Globo, Luis Roberto, pego de surpresa na transmisão. 

"Eu adoro como vocês passam pra gente como é o mental desse momento", afirmava Luís Roberto durante a transmissão, quando a câmera e os microfones foram até os jogadores, durante um intervalo num momento chave da partida.

Quando terminava de falar sobre o "mental", Alison usou de meios não muito educados para levantar o ânimo do companheiro. “Mantém a calma, buc*ta, car*lho”, largou o atleta, pegando o narrador de surpresa. Luís Roberto riu e saiu pela tangente pedindo calma.

Veja o momento abaixo.

A chamada de Alison surtiu efeito. A dupla brasileira logo depois fechou o jogo contra a dupla holandesa Brouwer e Meeuwsen pelo placar de 2x0, com parciais de 21x14 e 24x22.

Ao final da partida, um jornalista contou aos jogadores que eles eram o assunto do momento nas redes sociais. Ao saber que soltou o palavrão ao vivo, Alison se desculpou e brincou. "Foi mal, galera. É o mundo de hoje. O assessor resolve depois. A gente tinha ali que puxar o freio de mão, passar a segunda marcha, a terceira. O 'calma, buc*ta' foi isso."

Um funcionário do Comitê Olímpico Brasileiro interrompeu a entrevista para mostrar a cena a Alisson. Depois de notar que o narrador Luis Roberto ficou constrangido com o palavrão, Alison disse: "O Luis Roberto agora vai me zoar, gente boa, mas vai", relatou o portal Uol.

A dupla conseguiu classificação para as oitavas e o adversário será definido nesta sexta-feira. Alison e Álvaro se recuperam da derrota para os norte-americanos Lucena e Daulhausser (2×1). Na estreia, venceram os argentinos Azaad e Capogrosso por 2×0.

"O primeiro torneio é uma chave dura. Fizemos o dever de casa, e esfriamos a cabeça com a derrota. Eu, Alison e a equipe toda tivemos paciência depois da derrota, pois foi no detalhe. Renovamos nossas forças e viemos com tudo hoje", disse Álvaro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas