Vídeo: Mulher de biquíni desce de carro conversível e briga com cliente de bar

em alta
26.09.2020, 20:00:00
Atualizado: 26.09.2020, 20:16:09

Vídeo: Mulher de biquíni desce de carro conversível e briga com cliente de bar

Segundo testemunhas, empresária e dois amigos estariam se beijando e fazendo preliminares a céu aberto

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Foto: Reprodução/Twitter)

Uma briga entre duas mulheres que aconteceu na noite de sexta-feira (25), na Rua Dias Ferreiras, no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro, está dando o que falar nas redes socias. Nas imagens (veja baixo), dá para ver que duas mulheres de biquíni fio dental estão dentro de um carro conversível, com um homem, quando outra mulher, que está sentada em um bar, joga um copo de água dentro do carro. Nesse momento, uma das mulheres desce do carro e agride a que está sentada na mesa do bar.

Segundo o jornalista Leo Dias, do portal Metrópoles, a mulher de biquíni se chama Sheila é empresária do ramo da estética. Ela possui clínicas no Rio de Janeiro e em Curitiba.

Já a mulher que estava sentada no bar é arquiteta e se chama Aline Araújo. Ela disse ao jornalista que as mulheres de biquíni estavam “fazendo preliminares a céu aberto”.

“Foi a cena mais grotesca que já vi na vida. Estava com minha família no bar. Se fosse de madrugada, acho que todos relevariam, mas oito da noite é atentado ao pudor. Elas se beijavam, botavam o peito para fora. O motorista beijava as duas e a barriga delas até quase as partes íntimas. Joguei água no impulso, revoltada com aquilo”, disse Aline a Léo Dias.

Segundo outras testemunhas, Sheila e os dois amigos estariam se beijando e fazendo preliminares a céu aberto, em frente a um bar com crianças e idosos. Ao serem abordadas, elas não teriam parado com cenas de pornografia, até que a arquiteta jogou um copo com água nelas.

Léo Dias ligou para Sheila e foi atendido por Rafael, que primeiro se disse empresário dela e depois sócio. “Qual o problema de andar de biquíni dentro do carro no Rio? Eles saíram da praia e foram dar uma volta. O carro do Will é conversível e elas estavam com roupa de praia. E eles estavam os três se beijando sim. Isso não é crime. Elas foram xingadas e o que ela fez foi defender a honra dela ao descer do carro e agredir quem a xingou”, disse Rafael que negou as acusações de que Sheila seria garota de programa.

Assista ao vídeo do momento da confusão:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas