Vídeo: mulher é derrubada no chão durante assalto no Pipoco

salvador
27.02.2019, 14:12:00

Vídeo: mulher é derrubada no chão durante assalto no Pipoco

Grupo cerca vítima, que ainda é chutada; ela tenta correr atrás

Uma mulher foi derrubada durante um roubo na noite da terça-feira (26), no Pipoco, durante o pré-Carnaval de Salvador, na região da Barra. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que um grupo ataca a mulher caída.

Assista:

Durante a confusão, um dos homens, usando boné azul, ainda dá um chute na vítima, que já está caída no chão, e pisa nela. Depois, outro homem, de blusa e bonés pretos, foge com o que conseguiu pegar, tirando o boné da cabeça para despistar. O homem de boné azul então retarda a vítima, que tenta ir atrás. Outras pessoas ainda estão próximas - não dá para precisar quantas estão no bando.

A festa foi ontem, de Ondina até o Farol da Barra, sob comando do cantor Léo Santana - a confusão foi perto do trio. Quando a vítima sai correndo atrás do suspeito, é possível ver logo à frente uma equipe da Polícia Militar.

O Pipoco não teve nenhum registro de crime grave contra a vida ou tentativa de homicídio, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP). O balanço da noite teve duas situações de vias de fato (brigas), uma delas envolvendo um soldado do Exército, que foi encaminhado a um posto policial e depois conduzido por uma patrulha da Polícia do Exército. Ainda houve 33 casos de furto, seis roubos, três perdas de documentos, duas lesões e uma prisão em flagrante, de um homem ainda não identificado que furtou na festa.

Além disso, o módulo da Secretaria Municipal da Saúde registrou 62 atendimentos ontem - 73% de natureza clínica, seguida por traumas ortopédicos, que tiveram nove casos.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas