Vitória anuncia a contratação de Mazola Júnior como novo técnico

e.c. vitória
07.12.2020, 22:08:00
Atualizado: 07.12.2020, 23:30:32
Mazola Júnior vai assinar com o Vitória até o fim da Série B (Foto: Samara Miranda/Remo)

Vitória anuncia a contratação de Mazola Júnior como novo técnico

Treinador assinará até o fim da Série B, em janeiro, e deve estrear diante do Cruzeiro, na sexta-feira (11)

Mazola Júnior é o novo técnico do Vitória. O anúncio foi feito pelo clube na noite desta segunda-feira (7). Ele chega para assumir o lugar de Eduardo Barroca - que deixou o cargo no dia 27 de novembro para assumir o Botafogo - e assinará com o Leão até 30 de janeiro de 2021, data de encerramento da Série B.

O novo comandante já está no Mato Grosso, onde acompanhará a partida contra o Cuiabá, pela 27ª rodada. A equipe, porém, ainda será dirigida por Rodrigo Chagas, técnico do sub-20, que assumiu o grupo principal de forma interina. O jogo será nessa terça (8), às 21h30, na Arena Pantanal. 

Dessa forma, a estreia de Mazola só acontecerá no duelo seguinte, contra o Cruzeiro, na sexta (11), às 21h30, no Barradão, pela 28ª rodada. O Vitória atualmente ocupa a 15ª posição, com 32 pontos. São sete de diferença para o Figueirense, que abre a zona de rebaixamento, e 11 para o próximo adversário, que fecha o G4.

Após o jogo contra o Cuiabá, Mazola terá 11 partidas pela frente em um intervalo de 52 dias, o que dá em média uma a cada menos de cinco dias. O maior período que ele terá para treinar será entre a 31ª e a 32ª rodadas, quando o Leão jogará nos dias 22 de dezembro e depois só em 3 de janeiro. Isso por sorte, pois a competição não será paralisada entre Natal e Réveillon e tem jogos de outras equipes agendados para os dias 26, 28 e 29.

Paulista de Campinas, o treinador tem 55 anos e começou a carreira profissional de técnico no Ituano, em 2009. Também comandou o Sport, Bragantino, Cuiabá, Paysandu, Botafogo-SP, Vila Nova, CRB, Criciúma, Londrina e Ponte Preta, além de equipes de Portugal.

O último clube de Mazola foi o Remo, de onde saiu demitido em setembro. Ele dirigiu o time do Pará ao longo de 16 partidas, com sete vitórias, seis empates e três derrotas. Teve bom início na Série C, mas sofreu com a sequência de sete jogos sem ganhar, incluindo dois revezes para o maior rival, o Paysandu, na final do estadual, e acabou não resistindo.

Com Mazola, o Vitória irá para seu quarto técnico na atual temporada. A equipe começou o ano treinada por Geninho, que foi apresentado oficialmente em 20 de setembro de 2019. Em 2020, ele tinha 56,7% de aproveitamento, com quatro triunfos, cinco empates e apenas uma derrota. O comandante foi desligado em junho, por problemas financeiros causados com a pandemia do coronavírus. 

Após Geninho, Bruno Pivetti foi efetivado e assumiu o Leão, ficando quase quatro meses no cargo. Ao todo, foram 19 partidas, com quatro vitórias, nove empates e seis derrotas, 36,8% de aproveitamento. Ele amargou eliminações na fase classificatória do Campeonato Baiano, nas quartas de final da Copa do Nordeste e na terceira fase da Copa do Brasil. Foi demitido em 7 de outubro.

Na mesma data, o Vitória confirmou o nome de Eduardo Barroca. Com ele, o aproveitamento foi de apenas 29,62%. Em nove jogos, foram três derrotas, cinco empates e só um triunfo. No dia 27 de novembro, o comandante foi anunciado pelo Botafogo e deixou o Leão.

Desde então, o rubro-negro vinha sendo dirigido de forma interina por Rodrigo Chagas. Em três rodadas até agora com o técnico do sub-20, foram duas vitórias - sobre o CRB, por 2x1, e sobre o Paraná, por 4x1, que marcou a primeira do time fora de casa na Série B - e uma derrota, para o Confiança. O aproveitamento é de 66,7%.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas