Vitória concretiza a venda de Lucas Ribeiro ao Hoffenheim

e.c. vitória
28.01.2019, 13:56:00
Atualizado: 28.01.2019, 17:15:53
Lucas Ribeiro tem 20 anos e jogou apenas 16 partidas pelo Vitória (Maurícia da Matta/EC Vitória)

Vitória concretiza a venda de Lucas Ribeiro ao Hoffenheim

Leão afirma se tratar da maior negociação da história do Nordeste, mas não revela valores

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória concretizou nesta segunda-feira (28) o que o clube tratou como a maior venda da sua história e da região Nordeste - em valores nominais. O zagueiro Lucas Ribeiro, de 20 anos, foi negociado com o Hoffenheim, atual sexto colocado do Campeonato Alemão.

No anúncio oficial, em seu site, o rubro-negro não entrou em detalhes da negociação: "Por causa de um termo de confidencialidade no contrato, o valor a ser recebido pelo Leão não pode ser divulgado, mas trata-se da maior venda da história do futebol nordestino. O pagamento será parcelado e o Vitória permanece com parte dos direitos econômicos do atleta", publicou o clube.

Segundo o CORREIO apurou, o Vitória ficará com 20% dos direitos econômicos de Lucas para receber em caso de futura venda. Já em relação ao valor da transferência, esta teria sido fechada em 3,7 milhões de euros (aproximadamente R$ 16 milhões).

O recorde de venda do Leão pertence a outro zagueiro revelado na Toca, Gabriel Paulista, que em agosto de 2013 deixou o clube rumo ao Villarreal, da Espanha, por 3,3 milhões de euros (R$ 10 milhões na cotação da época), referentes aos 70% dos direitos econômicos que o clube detinha. A venda de Marinho, em janeiro de 2017, embora tenha sido efetuada por 5 milhões de euros (R$ 17,8 milhões), rendeu ao Vitória metade do valor (R$ 8,9 milhões), porque o clube tinha 50% dos direitos do atacante.

Em dezembro do ano passado, o Bahia anunciou a venda do meia Zé Rafael ao Palmeiras por R$ 14,5 milhões, considerada a maior venda da região Nordeste em valores nominais.

Lucas Ribeiro estreou como profissional no dia 23 de agosto do ano passado, na derrota de 1x0 para o Flamengo, no Maracanã, pela Série A. Foi lançado pelo técnico Paulo Cézar Carpegiani, que tentava melhorar a performance da defesa, na época com média de dois gols sofridos por jogo na Série A.

O jogador está no Chile desde o início do ano, a serviço da seleção brasileira sub-20, pela qual disputa o Campeonato Sul-Americano da categoria. O clube alemão enviou médicos para o país, que realizaram os exames para que ele fosse contratado.

Lucas Ribeiro tinha contrato com o rubro-negro até o final de 2021 e assinará com o Hoffenheim até junho de 2023. Ele disputou apenas 16 partidas com a camisa do Vitória, todas pela Série A 2018, e se destacou apesar do rebaixamento do time. Não chegou a fazer gol pelo Leão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas