Vitória empata com o Altos na estreia de Burse e segue na briga contra o Z4

e.c. vitória
25.06.2022, 21:00:13
Marcos Aurélio, do Altos, e Léo Gomes, do Vitória, durante uma dividida (Arthur Ribeiro/GE Piauí/Divulgação)

Vitória empata com o Altos na estreia de Burse e segue na briga contra o Z4

Goleiro Lucas Arcanjo teve noite inspirada e salvou Leão de derrota

A caminhada do Vitória até o fim da Série C não será fácil. Chegando na reta final da competição o Leão acumulou mais um empate. Dessa vez, ficou no 0x0 com o Altos na noite deste sábado (25), em Teresina. Na estreia do técnico João Burse a equipe até criou chances, mas faltou qualidade na hora de finalizar e balançar as redes.

Faltando agora sete partidas até o fim da primeira fase, o rubro-negro soma 12 pontos, está na 15ª colocação e precisa continuar secando os concorrentes para não entrar no Z4 após o encerramento desta 12ª rodada. O Campinense, que tem a mesma pontuação, e o Floresta, que abre a zona do rebaixamento com 11 pontos, jogam neste domingo (26) contra São José e Ferroviário, respectivamente, ambos como visitantes.

O Vitória oscilou muito no domínio da partida. Conseguiu criar chances de perigo contra a meta do goleiro Rafael, mas não contou com uma noite inspirada do trio Alan Pedro, Rodrigão e Rafinha. Esse último, artilheiro do time na Série C com quatro gols, tentou jogadas individuais pelo lado direito na primeira etapa, só que nenhuma delas dificultou a vida do adversário.

No onze inicial, o estreante Burse promoveu a escalação de Alan Santos ao lado de Marco Antônio na zaga. O volante, que também atua como zagueiro, ficou um tempo afastado por lesão e ganhou chance com o novo treinador. No meio, contou com os retornos de Léo Gomes - que teve sua chance de finalizar de cabeça ainda no primeiro tempo - e Eduardo, que não fez uma grande partida e foi sacado no segundo tempo para a entrada de João Pedro.

Entre uma chegada e outra do rubro-negro no primeiro tempo, o Altos foi se estabelecendo como a melhor equipe ao longo do jogo e, no segundo tempo, se firmou no protagonismo em campo. A equipe piauiense quase abriu o placar com um velho conhecido da torcida baiana.

Manoel, que foi contratado pelo Leão em setembro de 2021 do próprio Altos, para a reta final da Série B, perdeu pelo menos três chances. Em uma delas, colocou de cavadinha por cima de Lucas Arcanjo e viu Marco Antônio tirar de cabeça em cima da linha.

Depois dos 40 minutos da segunda etapa foram mais duas chances contra Lucas Arcanjo, que levou a melhor no duelo contra o ex-companheiro. Em um cruzamento rasteiro da direita, Manoel estava sozinho na área, completou forte pro gol e Arcanjo mostrou muito reflexo e fez uma defesa espetacular.

Logo depois, Manoel escorou livre embaixo do gol e acertou o travessão, mas nesse lance estava impedido. A lei do ex realmente não quis funcionar contra o Vitória, para alívio da torcida rubro-negra.

Veja a defesa do goleiro Lucas Arcanjo:

Ao longo da partida, Burse foi promovendo mudanças no setor ofensivo na tentativa de marcar e segurar o ímpeto do Altos. Deu oportunidade para Foguinho e Luidy no ataque, nos lugares de Rafinha e Alan Pedro. Mesmo assim, faltou mobilidade no meio-campo do Leão, que precisou apostar em bolas em profundidade para tentar tirar o zero do placar. E nada feito. O saldo da noite foi a ótima atuação de Lucas Arcanjo, evitando a derrota, e mais uma rodada em que, após o apito final, a equipe precisa seguir atenta aos adversários na briga contra o rebaixamento.

A próxima partida do Vitória será no dia 2 de julho, feriado na Bahia, diante do Figueirense, às 19h, no Barradão. A equipe catarinense ocupa a 5ª colocação e está na briga para se manter no G8 e classificar para o quadrangular decisivo da Série C.

Chances desperdiçadas

Ao longo do jogo o Vitória teve suas chances de sair na frente. Antes dos 10 minutos Gabriel Santiago recebeu uma bola rasteira na cobrança de escanteio e, dentro da grande área, deu um chute mascado que parou na defesa da equipe piauiense. No lance seguinte o volante Léo Gomes subiu bem para cabecear, mas o toque saiu torto e a bola foi para fora.

Santiago voltou a aparecer quando aproveitou um momento raro de desatenção da defesa do Altos, roubou a bola próximo à área de ataque, levou para a lateral e cruzou para Alan Pedro, que não fez o movimento correto. O goleiro Rafael se esticou no alto e encaixou a bola.

Na segunda etapa Marco Antônio, antes de salvar a bola em cima da linha, teve a chance de fazer o seu gol. Após escanteio, ele recebeu livre na área e emendou um chute de primeira, por cima da meta do goleiro Rafael. Luidy e Foguinho tentaram, de fora da área, acertar o gol, mas a mira não colaborou. 

FICHA TÉCNICA 

Altos 0x0 Vitória - 12ª rodada da Série C 2022

Altos: Rafael; Ferrari (Polegar), Lucas Souza, Ramon e Dieyson; Tibiri (Danillo Bala), Valderrama (Jerry) e Marcos Aurélio (Dieguinho); Elielton, Manoel e Betinho (Paulo Rangel). Técnico: Fernando Tonet.

Vitória: Lucas Arcanjo; Alemão, Alan Santos, Marco Antônio e Sánchez; Léo Gomes, Eduardo (João Pedro) e Alan Pedro (Luidy); Gabriel Santiago (Roberto), Rodrigão e Rafinha (Foguinho). Técnico: João Burse.

Estádio: Lindolfo Monteiro, em Teresina
Cartão amarelo: Marcos Aurélio, Lucas Souza, Ferrari, Betinho (Altos); Alan Pedro (Vitória)
Arbitragem: Rodrigo José Pereira de Lima, auxiliado por Bruno César Chaves Vieira e Francisco Chaves Bezerra Júnior (trio de Pernambuco).

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas