Vitória faz caça aos apelidos de jogadores

bate-pronto
10.06.2019, 05:00:00

Vitória faz caça aos apelidos de jogadores


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória enviou um comunicado à imprensa, na semana passada, afirmando que aboliu os apelidos dos jogadores na Toca do Leão. A novidade expôs a quantidade de atletas homônimos no clube.

Atenção: o meia-atacante Matheus Manga virou Matheus Silva, mas, diante da nova regra, pediu ao clube para ser chamado de Matheus Augusto. Já o volante Farinha se tornou, em tese, Matheus Santana. Contudo, no Ba-Vi de aspirantes, vencido pelo Leão por 3x1, o rubro-negro divulgou o nome do jogador na escalação como Matheus Farinha. Os dois formam uma tríade de xarás com o lateral Matheus Rocha. 

O estreante Van virou Edvan na escalação contra o Sport. Por enquanto, o que “pegou” mesmo foi Ruan Levine, alcunha adotada por Ruan Potó, a pedido do atacante.

Gregore na mira de outros times

Destaque do Bahia na temporada, o volante Gregore anda em alta no mercado brasileiro. O tricolor recebeu proposta oficial de um clube e consulta do Atlético-MG sobre o jogador. O Esquadrão, no entanto, deixou claro que não pretende vender Gregore. Segundo o CORREIO apurou, o Bahia está tão focado em manter o jogador que descarta até uma possível negociação durante a janela de transferências internacionais, que abre em julho. Gregore é o volante com mais desarmes no Brasileirão e tem chamado a atenção desde o ano passado. No final de 2018, ele recebeu sondagens de Flamengo, Atlético-MG e Cruzeiro no mercado nacional, além dos turcos Galatasaray e Fenerbahçe.

Seleção feminina em alta na TV...

A estreia da seleção brasileira feminina de futebol na Copa do Mundo rendeu 34,1 pontos de audiência para a Rede Globo, que transmite o Mundial pela primeira vez nesta edição, disputada na França. A média da emissora nos domingos pela manhã, no mesmo horário, costuma ser de 11 pontos. A Band também teve uma crescente e chegou a marcar 5,1 pontos durante a partida, algo muito raro para a programação da emissora no horário.

...E também no Google 

Outro gigante da comunicação que está de olho na Copa do Mundo feminina de futebol é o Google. Pela primeira vez, o maior site de buscas do planeta oferece informações quase em tempo real sobre as partidas e linha do tempo com fotos, escalações e comentários. Também é possível acompanhar até três placares do Mundial na tela de um celular Android. Essa funcionalidade já existia para os jogos do Campeonato Brasileiro.

Marta, a rainha da internet

O Google também anunciou que Marta é a jogadora mais buscada entre as jogadoras que disputam a Copa do Mundo feminina. O estudo aponta que Marta é responsável por 16% de todas as buscas. O interesse na melhor do mundo é 41% maior do que o registrado na segunda colocada, Alex Morgan, dos EUA. Em terceiro, a francesa Amandine Henry.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas