Vitória perde pênalti, mas arranca empate com Cuiabá fora de casa

e.c. vitória
08.12.2020, 23:25:00
Em jogo de muitos gols, Leão ficou no empate com o Cuiabá na Arena Pantanal (Foto: AssCom Dourado)

Vitória perde pênalti, mas arranca empate com Cuiabá fora de casa

Em jogo de muitos gols, Leão ficou no 3x3 na Arena Pantanal

Na despedida de Rodrigo Chagas como técnico interino, o Vitória voltou a pontuar na Série B. Na noite desta terça-feira (8), o Leão chegou a virar o duelo com o Cuiabá, ficou, viu o adversário ficar na frente outra vez, mas arrancou o empate e ficou no 3x3, na Arena Pantanal.

Sob os olhares do técnico Mazola Júnior, que acompanhou o jogo na arquibancada, Thiago Lopes, duas vezes, e Fernando Neto marcaram os gols do rubro-negro, enquanto Rafael Gava e Elton, também duas vezes, anotaram os tentos do alviverde.

Com o resultado o Leão chegou aos 33 pontos e está na 14ª colocação. Já sob o comando de Mazola Júnior, o rubro-negro agora vai voltar as atenções para o duelo contra o Cruzeiro, nesta sexta-feira, às 21h30, no Barradão. 

Duelo equilibrado
Na Arena Pantanal, o Vitória começou a partida como se estivesse jogando em casa. À vontade, o Leão ocupava bem os espaços e segurava o adversário no campo de defesa. Faltava apenas conectar a jogada no último terço do campo para criar lances de perigo.

Enquanto teve o controle do meio-campo, o Leão quase não era ameaçado pelo Cuiabá. Mas a solidez rubro-negra durou só até os 12 minutos. Na primeira boa chegada, Elvis puxou o contra-ataque e Elton achou Maxwell livre na direita. O atacante invadiu a área e cruzou para Rafael Gava mandar uma bomba e abrir o placar.

A resposta do Vitória foi imediata e na mesma tônica. Aos 16 minutos, Thiago Lopes pegou a bola na defesa e carregou até a entrada da área, onde acionou Vico. O atacante foi na linha de fundo e devolveu para o próprio Thiago Lopes chutar forte e deixar tudo igual.

Depois dos gols as duas equipes diminuíram o ritmo e passaram a cadenciar a partida. O Vitória voltou a ficar perto do gol aos 38 minutos. Lucas Cândido arriscou da entrada da área e bola passou tirando tinta da trave de João Carlos. Já aos 46 foi a vez de Rafael Carioca experimentar e parar no goleiro adversário.

Lá e cá
O Vitória voltou para o segundo tempo o mesmo time e a mesma estratégia da primeira etapa. Com toques curtos, o Leão conseguia manter a posse da bola e ia empurrando o Cuiabá.

No chute de Fernando Neto, João Carlos precisou se esticar todo para fazer a defesa e impedir a virada rubro-negra. Não adiantou nada para o goleiro do Cuiabá, já que dois minutos depois Vico cobrou falta na área e Fernando Neto mergulhou para fazer o segundo do Vitória, aos nove minutos.

Fernando Neto continuou infernizando a defesa alviverde. Dois minutos depois do gol, ele entrou na área em velocidade e foi derrubado por Edinei. O árbitro marcou pênalti, mas Vico foi para a cobrança e mandou longe.

Aí veio o castigo para o Leão. Aos 15 minutos, Rafael Gava e Elton entraram na área tabelando e centroavante mandou no canto de César, deixando tudo igual outra vez.

O Vitória sentiu o empate e o viu o Cuiabá crescer após o gol. Aos 23 minutos, Felipe Ferreira cruzou na área, Marcinho escorou para o meio e Elton mandou para as redes, fazendo 3x2 para os donos da casa.

Na tentativa de mudar o panorama, Rodrigo colocou Marcelinho e Ewandro nas vagas de Fernando Neto e Vico. A alteração deu certo. Aos 37 minutos, Ewandro fez o cruzamento e Thiago Lopes raspou de cabeça para marcar o segundo dele na partida empatar o confronto.

O rubro-negro chegou a marcar o quarto gol aos 42 minutos, depois de Anderson Conceição mandou contra o próprio patrimônio, mas a arbitragem viu impedimento e anulou o lance. Sem mais tempo, restou ao Vitória comemorar mais um ponto conquistado na Série B.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas