Vitória pode garantir permanência diante do CRB; entenda

e.c. vitória
10.11.2019, 05:00:00
Atualizado: 10.11.2019, 10:43:18
Após cumprir suspensão, Éverton Sena está de volta ao time titular (Foto: Leticia Martins/EC Vitória)

Vitória pode garantir permanência diante do CRB; entenda

Rubro-negro precisa vencer e aguardar combinação de resultados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

É justo que o torcedor do Vitória fique sem mente apertada nesse finalzinho de Série B. Os números estão ao lado do rubro-negro na fuga do rebaixamento e o desempenho do time dentro de campo subiu a ponto de elevar o moral daqueles que têm o coração tingido em vermelho e preto.

Segundo o site Probabilidades no Futebol, vinculado à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o risco de rebaixamento é de apenas 0.26% - praticamente nulo. Mas ter cautela nunca é demais. Ainda mais para fugir do perigo. E o Vitória pode zerar qualquer chance de cair já no próximo jogo, quando recebe o CRB, dentro do Barradão, na terça-feira, às 19h15. Só que precisa torcer por uma combinação de resultados.

Com seis pontos acima do Figueirense, primeiro time dentro do Z4, o Vitória tem que ganhar e torcer para uma derrota da equipe catarinense contra a Ponte Preta. Além disso, também precisa secar o Vila Nova, 18º colocado com 33 pontos. O time goiano enfrenta o Guarani e, caso empate, somado aos outros dois resultados, o Vitória já pode riscar a Série C do pensamento de uma vez por todas. 

Não vá se perder: para escapar na próxima rodada, o Vitória precisa ganhar o CRB, torcer por derrota do Figueirense e qualquer tropeço do Vila Nova.

Ganhando do CRB, o time do técnico Geninho chega a 11 triunfos, enquanto o Figueirense tem apenas seis e, se perder da Ponte, só chegaria até o teto de nove vitórias. E o número de triunfos é o primeiro critério de desempate na Série B .

 Xô, coisa ruim! 
Segundo levantamento do site Footstats, o Vitória passou 15 das 34 rodadas dentro da zona de rebaixamento na Série B. O empate contra o Paraná marcou a oitava rodada consecutiva fora do Z4.

O importante, contudo, é estar fora da companhia dos quatro últimos colocados na última rodada. Por isso, o Vitória já retorna ao batente neste domingo (10), na Toca do Leão. Ontem, os atletas ganharam folga logo após o desembarque no aeroporto de Salvador.

Geninho terá apenas duas sessões de treinamento antes de entrar com seu time para o desafio diante da equipe alagoana.

O treinador ganha o reforço do zagueiro e capitão do time, Everton Sena, que cumpriu suspensão na última peleja, contra o Paraná. Desta vez, Geninho não terá nenhum desfalque por suspensão, algo que não ocorria desde o jogo perante a Ponte Preta, três rodadas atrás. 

Na sequência, Geninho precisou lidar com as punições de Léo Gomes (expulso contra a Ponte), Jordy (terceiro cartão contra o Figueirense) e, por último, o próprio Everton Sena, que também tomou o terceiro amarelo no embate com o Brasil-RS.

Contudo, ainda não há nenhuma definição acerca dos futuros de Chiquinho e Wesley, ambos machucados. Segundo o Vitória, a dupla será reavaliada na próxima segunda-feira (11), durante a concentração do elenco..

*com supervisão do subeditor Miro Palma

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas