Vitória precisa bater Bragantino neste domingo para sair da zona

e.c. vitória
29.09.2019, 05:00:00
Leão precisará de Gedoz e Ramon para sair de Bragança Paulista com triunfo (Letícia Martins/ECVitória/Divulgação)

Vitória precisa bater Bragantino neste domingo para sair da zona

Leão visita o time paulista às 16h, com transmissão da Rede Bahia

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Vencer é palavra de ordem na Toca do Leão. Neste domingo (29), o Vitória entra em campo, às 16h, contra o líder Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, precisando conquistar os três pontos para não terminar a rodada na zona de rebaixamento. O duelo terá transmissão da Rede Bahia.  

Até aqui, a rodada do Brasileirão não foi nada generosa com o rubro-negro. As vitórias de Vila Nova e Criciúma colocaram o Leão no incômodo Z4. Por isso, o técnico Geninho vai ter que dar uma sacudida nas coisas para mudar a realidade do Leão no torneio. 

O Vitória não sabe o que é vencer pela Série B há três partidas. O último triunfo foi sobre o Vila Nova, no início de setembro, pela 22ª rodada.

 Enquanto isso, o Bragantino vive momento completamente oposto. Não perde há três jogos e está invicto jogando em casa. Mesmo com todo cenário, o lateral esquerdo Capa acredita que o Leão vai rugir mais alto hoje e conquistar mais uma vitória longe dos seus domínios. 

“A gente tem que ter um jogo bastante consistente. Professor Geninho vem passado o modo dele jogar para a gente fazer uma bela partida lá, neutralizar eles da melhor maneira possível e também impor nosso ritmo de jogo, para tentar sair com os três pontos”, disse o jogador, antes de continuar: 

“Cada jogo tem uma dinâmica diferente, mas, logicamente, no jogo contra o líder da competição, a gente tem que ter ainda mais consciência que é uma partida superdifícil. Vamos jogar fora de casa, eles têm uma equipe bem qualificada. A gente vai estar bem preparado. A cada dia, a gente vai se encaixando mais, demonstrando isso dentro de campo e, no momento certo, o resultado vai vir”, completou.

Capa aproveitou ainda para alertar sobre os perigos do adversário. Para ele, o Vitória precisa entrar em campo atento com as jogadas do Bragantino pelas laterais. 

“A melhor maneira de a gente não sofrer tanto ataque pelas laterais é atacando as laterais deles. Supostamente eles não vão ter como ter um suporte. A gente tem muita força pelos lados do campo, tanto com o Jordy Caicedo, quanto com os dois laterais, como com o Wesley também. A gente vai privilegiar atacar eles, mas com segurança para evitar que eles cheguem na nossa área”, analisou.

Confiança
Para o torcedor mais supersticioso, a presença de Geninho no banco de reservas hoje pode trazer uma certa confiança. Pela Série A do Brasileirão de 1994, o treinador estreou no comando do Vitória justamente contra o Bragantino, fora de casa. 

Na ocasião os dois times disputavam a fase de repescagem do Brasileirão e o Leão lutava para não ser rebaixado. Assim como agora, o Vitória estava sem conseguir vencer há três jogos. Longe de Salvador, o rubro-negro levou a melhor e venceu o Massa Bruta por 1x0. O gol do triunfo foi marcado pelo meia Ramon. 

O time, que contava com jogadores como João Marcelo, Rodrigo, Roberto Cavalo e Dão, conseguiu um bom desempenho e livrou o Vitória do rebaixamento à Série B. Naquele ano, Remo e  Náutico acabaram caindo. 

Reforçado
No sábado (28), o Vitória fez o último treino antes de encarar o Bragantino e o técnico Geninho ganhou duas novas opções.  O lateral Van volta a ficar à disposição após cumprir suspensão no empate com o Atlético-GO, na Fonte Nova. Outro que foi relacionado para a partida foi o volante Rodrigo Andrade. Ele está recuperado do incômodo na coxa. 

Com o mesmo problema na coxa, o zagueiro Everton Sena segue vetado pelo departamento médico do Leão. Ramon e Dedé, que estreou na última rodada, seguem formando o miolo de zaga. 

A equipe deve começar o jogo com: Martin Rodriguez, Van, Dedé, ramon e Capa; Baraka, Lucas Cândido e Felipe Gedoz; Wesley, Anselmo Ramon e Jordy Caicedo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas