Vitória retorna à zona de rebaixamento após nove rodadas

e.c. vitória
29.09.2019, 18:25:15
Atualizado: 29.09.2019, 22:04:06
Gols do Bragantino saíram no segundo tempo (Bragantino / Divulgação)

Vitória retorna à zona de rebaixamento após nove rodadas

Rubro-negro abriu no máximo dois pontos para o Z4

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foram nove rodadas de relativa tranquilidade para o Vitória na Série B. O rubro-negro havia deixado a zona de rebaixamento na 16ª rodada, no dia 18 de agosto,  e vinha se mantendo fora desde então. Mas, ao perder para o Bragantino por 2x0 neste domingo (29), o pesadelo voltou.

O Leão acabou a 25ª rodada em 18º lugar, com 25 pontos. O Vila Nova, 16º colocado e primeiro fora da zona de rebaixamento, tem 28. O Vitória havia entrado na zona da degola na sexta-feira (27), após a vitória por 1x0 fora de casa do Vila sobre o Londrina.

Nestas nove rodadas fora da zona, o rubro-negro não conseguiu abrir mais do que uma rodada de diferença para os quatro últimos colocados. A maior diferença para o 16º foi de dois pontos, ao final da 21ª rodada.

O rubro-negro segurou o empate em 0x0 com o líder da Série B até os 33 minutos do segundo tempo. Porém, mesmo se tivesse empatado fora de casa, o Vitória não acabaria a rodada fora do Z4.

"Chega a ser vergonhosa a maneira que a gente perdeu. Normal que a gente tenha sofrido pressão, porque o time deles é o primeiro colocado. Mas estávamos jogando bem e tomamos dois gols em desatenção. Saímos tristes pelo resultado. Nós construímos e tivemos chances de fazer gol", disse o meia Felipe Gedoz em entrevista à Rádio Metrópole na saída de campo.

"Um ponto contra o líder não seria mal. Tivemos chances de matar o jogo e não fizemos. Não sei o que falar, agora é ir para a Fonte Nova e tentar um resultado positivo", completou o meia rubro-negro.

Baraka pode ser desfalque
Baraka, capitão do Vitória, saiu de campo ainda no primeiro tempo em Bragança com dor numa coxa. Avaliado superficialmente longe de Salvador pelo departamento médico rubro-negro, o volante é dúvida para a próxima partida.

Segundo o médico Rodrigo Vasco da Gama, em entrevista à Rádio Metrópole, o jogador preocupa. "Vamos observar para saber a gravidade da lesão", disse, completando que o volante será reavaliado em Salvador.

O rubro-negro volta a campo na quinta-feira (3), às 21h30, na Arena Fonte Nova. O adversário será o Sport, terceiro colocado da Série B.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas