Vitória sofre diante do Ceará e escapa de resultado pior: 1x0

e.c. vitória
12.03.2020, 21:22:00
Atualizado: 13.03.2020, 15:59:46
Ataque rubro-negro praticamente não tocou na bola no Castelão (LC Moreira / Estadão Conteúdo)

Vitória sofre diante do Ceará e escapa de resultado pior: 1x0

Leão precisa vencer por dois gols de diferença para avançar de fase

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória se encolheu diante do Ceará, na Arena Castelão, e praticamente não atacou. No final, retorna de Fortaleza com uma derrota de 1x0 no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil - de bom tamanho para ainda garantir a vaga no duelo de volta, no Barradão.

>> Carleto lamenta chuva: 'Não dá para dizer que isso foi futebol'
>> Vitória anuncia contratação do goleiro César, que vem do Coritiba

>> Veja todas as notícias do Vitória

RESUMÃO

O jogo teve 55 minutos. O primeiro tempo inteiro e os 10 minutos iniciais da etapa final foram de amplo domínio do Ceará. O alvinegro marcou adiantado, não deu espaço na saída de bola e criou muitas chances. Só fez um gol, de bola parada. Nos 35 minutos finais, não houve jogo. Caiu uma tempestade em Fortaleza e, com o gramado inviável, ninguém criou.

QUEM BROCOU?

Rafael Sóbis abriu o placar aos 43 minutos do 1º tempo, de cabeça. O atacante desviou no primeiro pau um escanteio cobrado por Ricardinho. A bola ainda bateu em João Victor antes de entrar.

MUITA CHUVA

A partir dos 10 minutos da segunda etapa caiu um verdadeiro dilúvio na Arena Castelão. O gramado ficou encharcado, e o bom futebol, prejudicado. A bola praticamente não rolava e sobraram divididas ríspidas.

EXPULSO

O zagueiro rubro-negro João Victor foi expulso aos 41 minutos da etapa final. Ele derrubou Vinícius na intermediária quando era o último homem e viu o cartão vermelho direto.

PRIMEIRO TEMPO

Só deu Ceará, que teve pelo menos oito chances de marcar. Até os 15 minutos, o alvinegro criou quatro chances. A mais clara, aos 10, quando Charles desviou de cabeça um escanteio raspando a trave. Dos 15 aos 30 o Vozão reduziu o ritmo, mas o Vitória não aproveitou.

Aos 30, o Ceará retomou o ritmo e o manteve até abrir o placar. Criou mais quatro chances. O gol saiu aos 43: Vinícius cobrou escanteio, Rafael Sóbis desviou de cabeça e a bola bateu em João Victor antes de entrar. E o Ceará quase ampliou aos 47 num lance igual, mas defendido por Lucas.

SEGUNDO TEMPO

O Ceará continuou sufocando na etapa final, criando suas chances pelo lado esquerdo da defesa do Leão. Aos dois e aos quatro Lucas Arcanjo pegou chutes cruzados na diagonal. Aos oito, a melhor chance: após cruzamento, a bola sobrou para Sobral, que com o gol aberto chutou para fora.

A partir dos 10, começou a chover muito e o gramado ficou encharcado. O futebol ficou impraticável, sem a bola rolar e com atletas escorregando. O Leão teve chance aos 33, quando a bola sobrou com o gol aberto para Gerson Magrão e ele chutou. Samuel Xavier salvou em cima da linha.

COMO FICA?

Para avançar direto à quarta fase, o Vitória precisará vencer o jogo de volta no Barradão por dois gols de diferença. O duelo acontece na próxima quarta-feira (18), às 19h15. Se o Leão vencer por um gol de diferença, a disputa irá para os pênaltis.

PRÓXIMOS JOGOS

O Vitória terá dois jogos no domingo (15), praticamente ao mesmo tempo. O time principal, de Geninho, enfrenta o River-PI às 15h30, no Barradão, pela 7ª rodada da Copa do Nordeste. O time de aspirantes, de Agnaldo Liz, joga às 16h contra o Jacuipense pela 7ª rodada do Campeonato Baiano em Riachão do Jacuípe.

FICHA TÉCNICA

Ceará 1x0 Vitória - 3ª fase da Copa do Brasil 2020

Ceará: Fernando Prass; Samuel Xavier, Tiago, Luiz Otávio (Eduardo Brock) e Bruno Pacheco; Ricardinho (Fabinho), Charles e Vinícius; Fernando Sobral (Cristiano), Rafael Sóbis e Leandro Caravalho. Técnico: Enderson Moreira.

Vitória: Lucas Arcanjo; Van, João Victor, John (Carlos) e Thiago Carleto; Jean, Guilherme Rend e Gerson Magrão; Vico (Felipe Garcia), Júnior Viçosa e Alisson Farias (Júnior Viçosa). Técnico: Geninho.

Gols: Rafael Sóbis, aos 43 minutos do 1º tempo;

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE);
Cartões amarelos: Tiago e Luiz Otávio (Ceará); Jean e Guilherme Rend (Vitória)
Cartão vermelho: João Victor (Vitória)

Arbitragem: Andre Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Leone Carvalho Rocha e Hugo Savio Xavier Correa (trio do GO).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas