Vitória terá dois treinamentos antes de jogo contra a Chapecoense

e.c. vitória
14.01.2021, 16:32:00
Atualizado: 14.01.2021, 16:32:12
Fernando Neto foi o autor do primeiro gol do Vitória no empate em 2x2 com o Avaí (LETÍCIA MARTINS / DIVULGAÇÃO ECVITÓRIA)

Vitória terá dois treinamentos antes de jogo contra a Chapecoense

Rubro-negro recebe a vice-líder da Série B no domingo (17), às 16h, no Barradão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Após o empate em 2x2 com o Avaí, na noite da última quarta-feira (13), em Florianópolis, o Vitória foca as atenções para o jogo contra a Chapecoense, domingo (17), às 17h, no Barradão. O rubro-negro voltará a jogar em Salvador após disputar duas partida fora de casa. A delegação desembarcou na capital baiana nesta quinta-feira (14) e se reapresentará na Toca do Leão na manhã de sexta-feira (15).

O técnico Rodrigo Chagas terá dois treinamentos para ajustar o time. Segundo o próprio comandante rubro-negro, ele não poderá contar com o atacante Caíque Souza, que se lesionou diante do Avaí. Já o goleiro Ronaldo, o volante Guilherme Rend e o atacante Ewandro, que se recuperarm de contusão, ainda serão reavaliados pelos médicos do clube. 

O empate com o Avaí aumentou a distância do Vitória para a zona de rebaixamento. Antes era de apenas um ponto e agora é de dois. Em 16º lugar, o rubro-negro tem 38 pontos. Primeiro time dentro do Z4, na 17ª colocação, o Paraná soma 36. O Figueirense tem a mesma pontuação e aparece na 18ª posição. Vice-líder, a Chapecoense, adversária da vez, tem 66 pontos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas