Vitória terá mudança para enfrentar o Operário pela Série B

e.c. vitória
01.09.2021, 14:36:00
Cedric é uma das opções para a lateral esquerda contra o Operário (Letícia Martins/EC Vitória)

Vitória terá mudança para enfrentar o Operário pela Série B

Wagner Lopes fez um treino tático nesta quinta-feira; Rend está reintegrado

O Vitória terá pelo menos uma mudança no jogo contra o Operário pela 22ª rodada da Série B do Brasileiro. Sem Roberto, suspenso, e Pedrinho, negociado com o Athletico-PR, o técnico Wagner Lopes terá que colocar uma peça nova na lateral esquerda, sábado (4), às 11h, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná. 

Há duas opções de improviso e uma de ofício, todas reveladas na Toca do Leão. Titular da zaga nas últimas cinco rodadas do campeonato, o zagueiro canhoto Mateus Moraes pode ser deslocado para a lateral esquerda. Nesse caso, Thalisson Kelven faria a dupla com Wallace. 

Outra opção é improvisar Cedric, que é lateral direito de origem e atua também como volante. Caso queira utilizar um lateral esquerdo, o técnico Wagner Lopes precisará recorrer a outra categoria do clube e lançar um jogador. Elivelton tem 21 anos e disputou o Brasileiro de Aspirantes com a equipe sub-23 até o início de agosto. Ele nunca foi relacionado para uma partida da equipe principal. 

O elenco do Vitória deu continuidade à preparação para o jogo contra o Operário com um treino tático realizado na Toca do Leão na manhã desta quarta-feira (1º). Recuperado de lesão e reintegrado ao grupo, o volante Guilherme Rend participou de todas as atividades. 

Quem também treinou, só que à parte, foi o meia Sérgio Mota. Recuperado de edema na coxa, o jogador foi liberado pelos médicos do clube para reforçar a preparação física. Com um trauma no joelho, o meia Eduardo seguiu com o tratamento, bem como Raul Prata, que está com lesão na coxa. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas