Vitória vai reencontrar carrasco recente na Copa do Nordeste

e.c. vitória
04.03.2021, 05:00:00
Lateral Van, do Vitória, em disputa com jogador do Ceará na Copa do Nordeste 2020 (Pietro Carpi/EC Vitória)

Vitória vai reencontrar carrasco recente na Copa do Nordeste

Leão enfrenta o Ceará sábado; na década passada, rubro-negro foi eliminado em quatro edições do regional e uma da Copa do Brasil

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória se prepara para encarar o primeiro grande teste da temporada 2021. No sábado (6), o rubro-negro visita o Ceará, às 16h, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela Copa do Nordeste. 

O confronto válido pela segunda rodada do torneio marca o reencontro do Leão com um carrasco. Na década passada, a equipe cearense eliminou a baiana em quatro edições do regional, três delas consecutivas: 2013, 2014, 2015 e 2020. E também na Copa do Brasil do ano passado.

O duelo da fase de grupos é a oportunidade do Vitória começar a escrever uma história diferente nesta nova década e, de quebra, dar o troco. Em 2013, o rubro-negro venceu por 2x0 no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e sofreu uma goleada por 4x1, no Barradão, no jogo de volta das quartas de final. Em 2014, na mesma fase, empate por 1x1 em Pituaçu e goleada no Presidente Vargas por 5x1.

Já em 2015, na disputa mais equilibrada de todas, o encontro foi na semifinal. Após empates por 0x0, no Castelão, e 2x2, no Barradão, o time cearense avançou pelo critério de gols marcados como visitante. Na final, se tornaria campeão em cima do Bahia, assim como no ano passado, quando passou pelo Vitória no jogo único das quartas de final: 1x0, em Pituaçu.

Vitória e Ceará vivem momentos muito distintos. Enquanto o Leão lutou contra o rebaixamento até a penúltima rodada da Série B do Brasileiro, encerrada em janeiro, o Ceará não passou aperto para garantir vaga na Copa Sul Americana ao terminar a Série A em 11º lugar.

Ceará com reservas
Apesar de estarem em patamares diferentes no cenário nacional atualmente, o Vitória leva vantagem no tempo de preparação. Ainda que muito curta, o rubro-negro teve uma pré-temporada de nove dias iniciada em 8 de fevereiro. Já a equipe cearense só finalizou os compromissos de 2020 na quinta-feira passada, quando disputou a última rodada do Brasileirão. 

Como só entra no estadual a partir da segunda fase, o Ceará disputou somente um jogo da temporada 2021 e com equipe alternativa. Com os principais jogadores ainda de férias, o alvinegro empatou em 1x1 com o ABC, no Frasqueirão, em Natal, na primeira rodada da Copa do Nordeste, segunda-feira. Já o Vitória foi mais testado. Antes de estrear no regional com triunfo por 2x0 diante do Santa Cruz, no Barradão, o Leão empatou com o Unirb, em 3x3, e venceu o Atlético de Alagoinhas, por 2x1, pelo Baiano.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas