Vitória volta a perder do Grêmio e é eliminado na Copa do Brasil

e.c. vitória
03.08.2021, 20:55:00
Atualizado: 03.08.2021, 21:53:19
João Pedro colocou a mão na bola e fez o pênalti que garantiu o triunfo do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Vitória volta a perder do Grêmio e é eliminado na Copa do Brasil

Time gaúcho venceu por 1x0, em Porto Alegre, e avançou às quartas de final

O sonho do Vitória em conquistar a Copa do Brasil chegou ao fim. Na noite desta terça-feira (3), o Leão voltou a ser derrotado pelo Grêmio, dessa vez por 1x0, em Porto Alegre, e foi eliminado nas oitavas de final do torneio.

O gol do triunfo gaúcho foi marcado por Jean Pyerre, em cobrança de pênalti, ainda no primeiro tempo. O resultado quebrou o jejum de sete jogos do tricolor sem vencer na Arena.

Além da vaga na próxima fase, o Grêmio embolsa uma premiação de R$ 3,45 milhões pela classificação. Já o Vitória vai focar a partir de agora exclusivamente na Série B do Brasileirão. Neste sábado (7), o rubro-negro encara o Vasco, no Barradão.

VACILO
Precisando de um triunfo por pelo menos três gols para forçar os pênaltis, o Vitória começou o jogo partindo para o ataque. Mais presente no campo ofensivo, o Leão conseguia trabalhar bem a bola no meio-campo e explorava as jogadas pelo lado, mas tinha dificuldade para entrar na área.

Do outro lado, o Grêmio tentava conectar meio e ataque para escapar em velocidade. Na primeira vez que conseguiu fazer a tabela no ataque, Ricardinho chegou a balançar as redes, mas a arbitragem flagrou o impedimento e anulou o gol.

A resposta do Vitória veio em cruzamento de Van que Samuel não conseguiu aproveitar e, de cabeça, mandou para fora. Aos poucos o Grêmio foi recuperando o terreno e confronto passou a ficar equilibrado.  

Em um primeiro tempo fraco tecnicamente, as duas equipes apresentaram problemas no ataque. O Grêmio ficou mais perto de abrir o placar aos 30 minutos. Depois do cruzamento, Léo Pereira, Ricardinho deu uma casquinha, mas Lucas Arcanjo salvou o Leão.

Só nos minutos finais o duelo ganhou emoção. Primeiro com o chute forte de Soares, que quase faz um golaço para o Vitória. Na resposta do Grêmio, Ricardinho e Jean Pyerre tentaram na pequena área, mas não conseguiram marcar o gol.

O problema é que o árbitro de vídeo entrou em ação e flagrou um toque de mão de João Pedro na jogada. O árbitro de campo foi para o monitor, confirmou o pênalti e expulsou o jogador do Leão. Aos 46 minutos, Jean Pyerre cobrou a penalidade e abriu o placar para o Grêmio. 

SÓ DEFENDEU
Precisando de pelo menos quatro gols para forçar a decisão por pênaltis, o Vitória voltou do intervalo sem alterações e quase viu a situação se complicar ainda mais logo no início da segunda etapa.

Na blitz gremista, a bola explodiu na trave de Lucas Arcanjo. Na volta, o tricolor tentou mais duas vezes, mas a defesa conseguiu cortar.

O Grêmio seguiu pressionando. Ricardinho acertou o travessão, enquanto Jean Pyerre mandou uma bomba que tinha endereço, mas Lucas Arcanjo salvou.

Para tentar mudar o panorama, Ramon colocou Gabriel Inocêncio na vaga de Eduardo, mas o Leão continuou sem conseguir sair do sufoco. Léo Pereira chegou a marcar o segundo gol aos 18 minutos, mas o impedimento foi marcado.

Com um jogador a menos, o Leão era presa fácil para o Grêmio. O goleiro Lucas Arcanjo era quem ia evitando um novo placar elástico. No chute de Thiago Santos, ele apareceu bem para salvar.

O tempo foi passando, o Grêmio passou a administrar o placar e só esperou o apito final para confirmar a vaga nas quartas de final e a eliminação rubro-negra na Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA

Grêmio 1x0 Vitória – Copa do Brasil (oitavas de final – volta)
Local: Arena do Grêmio
Gols: Jean Pyerre, aos 46 minutos do 1º tempo
Cartão amarelo: Ruan e Guilherme Guedes (Grêmio)
Cartão vermelho: João Pedro (Vitória)

Arbitragem: Leo Simão Holanda, auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira e Cleberson do Nascimento Leite (trio do Ceará)

Grêmio: Gabriel Chapecó, Vanderson (Rodrigues), Ruan, Geromel e Cortez (Guilherme Guedes); Darlan (Thiago Santos), Lucas Silva e Jean Pyerre; Léo Pereira (Jhonata Robert), Ricardinho e Alisson (Luiz Fernando). Técnico: Felipão.

Vitória: Lucas Arcanjo, Van (Cedric), Marcelo, Mateus Moraes e Roberto; Gabriel Bispo, João Pedro e Soares (David) e Eduardo (Gabriel Inocêncio); Guilherme Santos (Pedrinho) e Samuel (Caíque Souza). Técnico: Ramon Menezes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas