Volta para casa tem mais de 70km de lentidão na BR-324

bahia
25.06.2018, 19:07:17
Atualizado: 25.06.2018, 21:10:58
BR-324 tem mais de 70km de lentidão nesta segunda (Foto: Divulgação)

Volta para casa tem mais de 70km de lentidão na BR-324

O movimento foi intenso durante todo o dia, mas ficou pior durante a tarde

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os motoristas e passageiros que voltam para Salvador neste segunda-feira (25) enfrentam uma lentidão de 73km na BR-324. Segundo a concessionária que administra a rodovia federal, a Via Bahia, o pico foi registrado por volta das 17h. Nenhum acidente grave também foi contabilizado nesta rodovia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o engarrafamento no trecho de Simões Filho começa no km 580. Há lentidão registrada também no km 560 (Terra Nova), Km 598 (na primeira praça de pedágio) e no Km 579 (São Sebastião do Passé). O movimento foi intenso durante todo o dia, mas ficou pior durante a tarde.

Nas rodovias estaduais BA-099 e BA-093 o trânsito está fluindo livremente em todos os sentidos. O mesmo acontece nos acessos de Salvador tanto pela BR-324, quanto pela BA-099 (Estrada do Coco).

Segundo a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), apesar da fila de carros que acessa a área de embarque e desembarque da Rodoviária, o trânsito na região flui normalmente. Hoje foram registrados quatro acidentes, com quatro pessoas feridas e uma morta. O acidente aconteceu por volta das 10h30, na Rua da Alegria, em Campinas de Pirajá. O motociclista morreu depois de bater em um caminhão-pipa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas