Homem é morto por flanelinha ao defender amante em briga por ciúmes

Vítima tinha um relacionamento com a mulher de um flanelinha, que teve uma crise de ciúmes ao descobrir o affair

Publicado em 28 de fevereiro de 2016 às 10:38

- Atualizado há 10 meses

Humberto Pereira dos Santos, 35 anos, foi morto por um flanelinha ao tentar defender uma mulher do agressor na região das Sete Portas, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 20h do sábado (28). De acordo com a Central de Polícia, a vítima tinha um relacionamento amoroso com a mulher do autor do crime, um flanelinha que trabalha na sinaleira no bairro da Piedade, identificado pelo prenome de Rogério.

Ao descobrir o caso entre a mulher e Humberto, o flanelinha teve um crise de ciúmes e foi confrontá-la. Ainda segundo informações da polícia, Rogério tentou atacar a esposa com a intenção de golpeá-la com a faca, mas Humberto tomou a frente da amante para defendê-la e acabou atingido.

Ele foi golpeado no lado direito do abdômen e não resistiu aos ferimentos, morrendo no local. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia não soube informar se o flanelinha foi preso após o crime, nem a mulher dele chegou a se ferir, mas informou que Humberto era usuário de drogas e frequentava a Cracolândia.

O corpo dele foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador, onde deve passar por uma perícia antes de ser liberado para o sepultamento.