Jovem é baleado após devolver moto e cobrar dinheiro pago no Caminho de Areia

O jovem foi perseguido por comparsas de um traficante; o primo da vítima, um policial militar, percebeu a ação e atirou na direção dos suspeitos, que fugiram

Publicado em 16 de fevereiro de 2016 às 09:49

- Atualizado há 10 meses

Yure de Almeida Silva, 21 anos, foi baleado em várias partes do corpo na noite desta segunda-feira (15) depois de se envolver em uma briga com um suposto traficante no Caminho de Areia, em Salvador. Segundo a polícia, Yure havia comprado uma moto com o bandido, mas não conseguiu pagar a dívida completamente.

De acordo com a polícia, como não tinha como pagar o restante da dívida, Yure resolveu devolver a moto. Na ocasião, ele chegou a pedir o dinheiro que já havia pago de volta, mas o traficante não gostou.

O bandido, então, mandou três comparsas matarem o rapaz. Por volta das 21h, Yure foi perseguido até a Rua Manoel Barros de Azevedo, onde o primo dele, que é policial militar, estava na porta de casa percebeu a ação. O policial fez disparos contra o trio e conseguiu dispersar os suspeitos, mas Yure já tinha sido baleado e estava caído no chão.

Ele foi atingido com tiros no joelho, na coxa direita e nos braços. O rapaz foi socorrido pelo primo para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde foi medicado e liberado em seguida. De acordo com a delegada Ana Virgínia, titular da 3ª Delegacia (Bonfim), a vítima ainda não esteve na delegacia para prestar depoimento. 

"As investigações iniciaram com base nas informações que coletamos no posto policial do HGE. Já fomos na casa da vítima, mas ele não foi localizado. Temos uma equipe do SI (Serviço de Investigação) apurando o caso", disse a delegada. Nenhum suspeito foi capturado.

Com informações da repórter Amanda Palma